Corrupção e endividamento levam Petrobras a não patrocinar festas de São João no Nordeste

Acompanhe - 24/06/2016

festas Sao Joao Nordeste FOTO EBCEnvolvida, ao longo dos governos do PT, em altas dívidas e no maior esquema de corrupção da história do país, a Petrobras cancelou qualquer patrocínio às tradicionais festas de São João neste ano. A estatal era uma das principais financiadoras dos eventos no Nordeste desde 2005. No período, destinou cerca de R$ 50 milhões em patrocínio.

De acordo com matéria do jornal Folha de S.Paulo desta sexta-feira (24), o valor foi decaindo ano a ano. Para se ter uma ideia, em 2012, a petrolífera chegou a gastar R$ 10,9 milhões para patrocinar a festa em 187 cidades. No entanto, em 2015, o patrocínio foi de apenas R$ 1,7 milhão, em somente 14 cidades.

Segundo a Folha, as torneiras fechadas fizeram parte dos prefeitos da região reduzirem os gastos com a festa. Um exemplo disso é Amargosa, cidade do recôncavo baiano com uma das festas mais tradicionais do Estado e que recebia cerca de R$ 80 mil por ano de patrocínio da Petrobras. A prefeitura vai investir R$ 1,6 milhão no evento, corte de 20% em relação ao ano passado.

Clique aqui para ler a íntegra da matéria.

X
24/06/2016
Charges