Líder do PSDB defende afastamento de ministro

Para Duarte Nogueira, com as denúncias, “o mais indicado é sair até final das investigações”

Acompanhe - 15/08/2011

Para Duarte Nogueira, com as denúncias, “o mais indicado é sair até final das investigações”

Brasília (15) – O líder do PSDB na Câmara, Duarte Nogueira (SP), defendeu o afastamento do ministro da Agricultura, Wagner Rossi, até que as denúncias publicadas pela imprensa contra ele sejam investigadas. Segundo Nogueira, o peemedebista, apadrinhado político do vice-presidente Michel Temer, sofre um processo intenso de desgaste há 15 dias , fato que prejudica o desenvolvimento do seu trabalho no comando do ministério.

Líder Duarte Nogueira (SP)/Foto: Paula Sholl

“O mais indicado seria seu afastamento até o final das investigações. Se nada for comprovado, ele retorna ao cargo. Isso já aconteceu anteriormente e daria credibilidade ao ministro e à presidente Dilma”, afirmou o líder. Para Nogueira, a continuidade do cenário turbulento na Agricultura, que se agrava a cada nova denúncia contra Rossi, é prejudicial ao Brasil. “Neste momento em que uma nova crise mundial se configura, um setor tão importante para o país, como é o agronegócio, não pode ser prejudicado pela instabilidade política”, disse.

Veja mais no Diário Tucano – Foto: Paula Sholl


X
15/08/2011
Charges