Em passagem pelos EUA, Marconi Perillo faz reunião com Microsoft

Acompanhe - 28/09/2012

Goiânia – No sexto dia de missão oficial aos Estados Unidos, a comitiva liderada pelo governador Marconi Perillo participou de reunião de trabalho na Microsoft, em Washington. Além de agradecer a empresa pela parceria que mantém com o Governo de Goiás na área da educação, trazendo uma economia de R$ 90 milhões aos cofres do Estado, Marconi propôs novas parcerias, com foco agora para a Segurança Pública.

No encontro com os diretores da Microsoft, o governador pediu a ajuda da empresa para a implantação de um amplo programa de uso da tecnologia para combate à violência. Marconi foi informado pela direção da Microsoft que eles desenvolveram um programa em Nova Iorque, com resultados extremamente promissores na chamada tolerância-zero com o crime. De acordo com os empresários, programa semelhante pode ser disponibilizado ao Estado de Goiás.

Nas boas-vindas ao governador, os diretores destacaram que o Governo de Goiás tem levado a sério as parcerias com a iniciativa privada e que um grande diferencial desta administração é a forma transparente pela qual o governador administra o Estado. Mostraram também ter conhecimento dos avanços trazidos pela priorização de ações, por meio do Programa de Ações Integradas de Desenvolvimento (PAI).

O governador enfatizou que os preços simbólicos dos softwares oferecidos pela Microsoft ao Governo de Goiás, no âmbito da Secretaria da Educação, contribuíram para que muitos alunos goianos tivessem acesso à formação digital. Além de realçar os recentes avanços da educação de Goiás, que possibilitaram o Estado saltar da 16ª para a 5ª colocação no ranking do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), o governador detalhou medidas com distribuição de notebooks a alunos de 400 escolas das 1092 da rede estadual, no início de 2013, e mais 400 até o final do ano. Marconi também fez referência ao Programa Prêmio Aluno, que este ano beneficiou os 4 mil estudantes da rede pública com melhores notas e que, em 2013, aumentará para 10 mil.

Ao falar do Programa de Ações Integradas de Desenvolvimento (PAI), Marconi sublinhou que se trata de um case de sucesso, cujos resultados positivos já podem ser sentidos pela população. O governador destacou que a primeira ação do PAI foi na Segurança Pública, com foco para a redução dos índices de homicídios no Estado, combate ao tráfico de drogas e atendimento aos dependentes químicos. Em relação à parceria com a Microsoft, disse que, no que depender do Governo de Goiás, os programas serão implantados com a mesma velocidade que o foram na Secretaria de Educação.

Integraram a comitiva do governador na visita à Microsoft o secretário da Indústria e Comércio, Alexandre Baldy; de Assuntos Internacionais, Elie Chidiac; presidente da Fecomércio, José Evaristo; da Fieg, Pedro Alves; da Acieg, Helenir de Queiroz; do Sebrae, Marcelo Baiocchi; do Sifaeg, André Rocha; o superintendente Executivo do Sebrae, Manoel Xavier, entre outros. Marconi e comitiva estiveram também no Banco Mundial e no BID em busca de recursos para inovações tecnológicas e infraestutura.

Do Governo de Goiás


X
28/09/2012
Charges