Alckmin: “Vamos apertar o cinto do governo para não apertar o cinto do povo”

Notícias - 10/09/2018

O candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin, participou nesta segunda-feira, em São Paulo, de encontro com representantes do movimento Agora! – e destacou a importância das reformas Política, Tributária e de Estado. “Vamos apertar o cinto do governo para não apertar o cinto do povo”, afirmou, em referência ao corte de gastos da máquina pública.

“Vamos zerar o déficit em dois anos, e vamos fazê-lo pelo lado da despesa, cortando gastos, reduzindo ministérios, estatais e também incentivos fiscais. Vamos passar um pente-fino nos incentivos, que hoje chegam a 4% do PIB”, explicou o candidato. “Do lado da receita, a retomada da confiança vai trazer investimentos. Nossa indústria vai voltar a crescer. Teremos uma tributação mais justa: vamos tributar menos empresa e mais dividendos, para trazer empresas para o país e fazer com que as que já estão aqui possam reinvestir, gerando emprego e renda”.

Sobre o cenário eleitoral, Alckmin destacou a importância de uma campanha propositiva e da pacificação. “O Brasil já tem problemas demais. A população quer um governo que resolva. Não podemos ter um presidente que seja mais um problema para o país. Confio fortemente no julgamento da população”.

*Clique aqui para ter acesso ao áudio.

X
10/09/2018
Charges