André aborda questão da violência e destaca ações de Alckmin na redução de assassinatos

O líder do PSDB na Casa, André Régis, abordou a questão da violência nos estados do Rio de Janeiro e em Pernambuco, ambos protagonistas do noticiário nacional por conta dos altos índices que têm registrado

Notícias - 28/09/2017

Em pronunciamento na Câmara de Vereadores do Recife, nesta segunda (25/09), o líder do PSDB na Casa, André Régis, abordou a questão da violência nos estados do Rio de Janeiro e em Pernambuco, ambos protagonistas do noticiário nacional por conta dos altos índices que têm registrado.

“Vivemos um momento extremamente preocupante e aniquilador da qualidade de vida dos pernambucanos. Em entrevista, o ministro da Defesa, Raul Jungmann, afirmou que a violência de Pernambuco era a maior do que a do Rio de Janeiro. A taxa no RJ para 100 mil habitantes é de 40. Em Pernambuco, 56.9”, revelou.

Em recente visita ao estado de São Paulo, o tucano contou ter conferido ações “extremamente bem sucedidas” do governador Geraldo Alckmin (PSDB) em relação à redução no número de assassinatos.

“São Paulo demonstra hoje possuir uma política pública eficiente de combate à violência e de enfrentamento ao crime organizado. Estive com o governador Geraldo Alckmin no Palácio dos Bandeirantes em São Paulo e tive a oportunidade de travarmos algumas ideias sobre o que aquele estado tem feito para combater a criminalidade inclusive de forma exemplar”.

Numa análise sobre os conflitos registrados no Rio de Janeiro, André Régis comentou que a situação naquele estado é tão grave que já motivaria a decretação do estado de sítio. “A nossa constituição estabelece mecanismos emergenciais de defesa do estado, da sociedade e da democracia. O que estamos assistindo é um verdadeiro exercito de bandidos com armas que a policia não tem condições de enfrentar e não podemos esperar que o governo Pezão consiga debelar esta grave crise que compromete por completo a segurança da população fluminense”.

Temas relacionados:


X
28/09/2017
Charges