Casa abrigo: acolhimento às mulheres em Taubaté

Acompanhe - 02/11/2017

Inaugurada em setembro de 2017, a Casa Abrigo de Taubaté acolhe temporariamente mulheres vítimas de violência doméstica. A iniciativa foi implantada na gestão do prefeito Ortiz Junior (PSDB).

Uma medida importante no combate desse crime grave que acaba afetando não só a mulher, mas outras pessoas ligadas a ela, como por exemplo, os filhos. No Brasil, entre 1980 e 2003, um terço das mulheres assassinadas estava em ambiente doméstico. Desses assassinatos, metade foram cometidos por parceiros ou ex-parceiros.

O Casa Abrigo é um espaço onde as mulheres em situação de risco de morte ou grave ameaça em razão de violência doméstica encontram acolhimento para necessidades suas básicas (alimentação, moradia, higiene) e também acompanhamento de profissionais preparados para dar o suporte necessário. Vale lembrar que a casa também recebe os filhos das mulheres.

As denúncias de violência domesticam em Taubaté podem ser feitas no CRAS.

X
02/11/2017
Charges