Dia Mundial de Combate ao Câncer: deputadas alertam para prevenção e diagnóstico precoce

Notícias - 09/04/2019
Foto: Alexssandro Loyola

No Dia Mundial de Combate ao Câncer, as deputadas Mariana Carvalho (RO) Tereza Nelma (AL) destacaram a necessidade de ações capazes de garantir o diagnóstico precoce da doença e ressaltaram a importância da conscientização da sociedade. As parlamentares têm atuado no sentido de promover medidas que garantam o atendimento a pacientes pelos Sistema Único de Saúde e alertam sobre os cuidados em relação a esta que é a segunda maior causa de mortes no mundo.

Com uma história de superação, Tereza Nelma lembra que, ao longo de sua vida, teve quatro cânceres. “Lutei com fé e coragem contra todos eles. E nesse caminho pude me deparar com as dificuldades que os pacientes lidam quando precisam de um serviço, um atendimento, um tratamento ou um medicamento”, afirmou.

Foi por essa razão, que a alagoana criou a Casa Rosa, um projeto filantrópico que garante atendimentos gratuitos na prevenção e apoio às mulheres com câncer em Maceió.

“Além disso, enquanto vereadora criei várias leis que protegem as pessoas com câncer. Agora, como deputada federal, minha luta permanece. As pessoas que passam por esse momento tão difícil merecem um atendimento ágil, de qualidade, eficiente, e que as leis criadas sejam de fato executadas”, pontua a deputada. “Hoje, reforço a mensagem de que precisamos nos cuidar porque quando diagnosticado precocemente, o câncer tem cura, sim!”, completa.

Relatório da ONU mostra que em 2018 mais de 9 milhões de pessoas morreram em todo o mundo vítimas de algum tipo de câncer. Até 2030, esta deve ser a principal causa de morte no planeta. Especialistas alertam que esses números poderiam ser menores se a doença fosse detectada mais cedo.

Mariana Carvalho afirma que o Dia Mundial de Combate ao Câncer é mais uma oportunidade de conscientização sobre a necessidade do diagnóstico precoce, com a realização dos exames que podem influenciar no sucesso de um tratamento.

“O acesso a esses exames muitas vezes ainda é difícil, mas, no Congresso tenho lutado para mudar essa realidade. É acreditando nesta possibilidade que tenho trabalhado em prol do diagnóstico e tratamento do câncer”, ressalta Mariana.

A deputada foi relatora do Projeto de Decreto Legislativo 1442/14, que retomou a obrigatoriedade de o Sistema Único de Saúde (SUS) ofertar o exame de mamografia para todas mulheres a partir dos 40 anos de idade, como exame de rotina, e não apenas a partir dos 50 anos, como havia sido definido pelo governo federal.

Outra conquista importante do mandato de Mariana Carvalho foi a destinação, por meio de emenda, R$ 300 mil ao Hospital de Câncer de Rondônia, hoje conhecido como Hospital de Amor da Amazônia.

“Com este trabalho, que temos dado sequência permanentemente, estamos contribuindo para um melhor diagnóstico e tratamento da doença aqui mesmo em nosso estado, evitando que as pessoas precisem buscar atendimento fora de Rondônia. Parabenizo também todas as pessoas da sociedade civil organizada que contribuem com este trabalho. Deixo meu incentivo para que continuemos juntos nesta jornada solidária em favor de vidas”, conclui Mariana.

Do PSDB na Câmara 

Temas relacionados:


X
09/04/2019
Charges