Diap: Entre os mais influentes, há 9 deputados e 5 senadores tucanos

Notícias - 10/06/2019
Palácio do Congresso Nacional

Anualmente o Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) faz o levantamento, denominado os “Os Cabeças mais Influentes do Congresso”, no qual estão os 100 parlamentares que se destacam no Parlamento, seguindo uma série de critérios. O estudo inclui ainda os 50 parlamentares em ascensão, ou seja, que virão a ser influentes.

PSDB aparece com  nove deputados federais e cinco senadores.

Os deputados federais citados na pesquisa são Samuel Moreira (SP), relator da Reforma da Previdência na Comissão Especial, Carlos Sampaio (SP), líder do PSDB na Câmara, Paulo Abi-Ackel (MG), Eduardo Cury (SP) e Aécio Neves (MG).

Como parlamentares em ascensão constam na lista os deputados Geovania de Sá (SC), única representante da bancada feminina tucana, Beto Pereira (MS), secretário-geral do PSDB, Pedro Cunha Lima (PB), presidente do Instituto Teotonio Vilela (ITV), e Domingos Sávio (MG).

Os senadores que aparecem no levantamento são Tasso Jereissati (CE), José Serra (SP),  Antonio Anastasia (MG) e Roberto Rocha (MA). Na relação dos em ascensão aparece o senador Izalci Lucas (DF).

Critérios

O Diap adota critérios qualitativos e quantitativos, que incluem aspectos institucionais, de reputação e de decisão, a partir de postos ocupados, capacidade de negociação e liderança.

Para a pesquisa, são feitas entrevistas com parlamentares, assessores legislativos, cientistas e analistas políticos e jornalistas, além de levantamentos relacionados a projetos apresentados e a discursos proferidos.

O Diap considera ainda os resultados de votações, relatorias, intervenções nos debates, frequência de citações na imprensa, análise dos perfis e grupos de atuação.

Entrevistas

Além dos 100 mais influentes, o Diap relaciona outros 50 deputados que, segundo a metodologia, estão em ascensão. Nessa categoria, estão aqueles que recebem missões partidárias e buscam abrir canais de interlocução, criando espaços próprios.

Com informações do Correio Braziliense.


X
10/06/2019
Charges