Dobrar a renda do trabalhador e investir no Nordeste são metas, reafirma Alckmin

Notícias - 24/06/2018

O presidente nacional do PSDB, Geraldo Alckmin, reiterou sua meta de dobrar a renda do trabalhador com a recuperação da economia brasileira. A proposta passa por investimentos e pelo crescimento dos estados do Nordeste. Ao visitar a região no final da semana – sexta (22) ele esteve em Caruaru (PE) e sábado em Campina Grande (PB) –, o pré-candidato tucano à Presidência da República apontou como prioridades obras de infraestrutura e logística que devem ser priorizadas nos dois estados, como nas BR 230 e 104.

“O desafio é emprego e renda. Em como a gente melhora a renda das pessoas? Criando mais postos de trabalho. Para o Brasil ter emprego precisa ter crescimento. Para crescer precisa de investimentos. E para ter investimentos é preciso ter confiança”, disse. “Estamos fazendo um programa de governo muito voltado ao Nordeste.”

Depois de quase quatro anos de retração da economia, Alckmin acredita que o momento para o próximo governo é desafiador. Tendo em sua equipe renomados economistas do país, como Pérsio Arida, Edmar Bacha e José Roberto Mendonça de Barros, o propósito será reverter o quadro de crise, melhorando as condições de vida e de renda do cidadão.

“Quem ganha R$ 2 mil vai ganhar R$ 4 mil. Quem ganha R$ 4 mil, vai ganhar R$ 8 mil. Há para isso uma agenda de competitividade”, informou, referindo-se, entre outras coisas, a melhorias na educação básica, abertura comercial e aumento do número de bancos – o que promoveria a competitividade e vantagens a quem busca crédito com jutos mais baratos.

A pulverização da campanha, com tantas pré-candidaturas apresentadas até agora, deve diminuir, na opinião de Alckmin. A expectativa é de que a candidatura tucana possa chegar até o final do mês que vem com mais de quatro partidos além daqueles que já sinalizam alianças com o PSDB.

X
24/06/2018
Charges