Em entrevista, Tereza Nelma destaca prioridades para o início do mandato

Notícias - 22/01/2019

Em entrevista ao canal “TV Mar”, de Alagoas, a deputada eleita Tereza Nelma (AL) destacou as principais bandeiras que defenderá em seu mandato na Câmara. Entre elas, a tucana citou desemprego, agricultura familiar, direitos humanos e justiça social, além de buscar uma resolução para o caso do bairro Pinheiro, em Maceió (AL).

A tucana ressalta que o país precisa superar a verdadeira epidemia de violência doméstica, além da extrema pobreza que ainda assola muitas famílias. “Tão poucos ricos e a grande maioria pobre e desempregada. Você vê pessoas e famílias inteiras pedindo cesta básica, sem empregos. Eu quero trabalhar muito nessa questão”, afirmou.

Outra bandeira defendida pela tucana é a questão da agricultura familiar. Segundo a deputada, é possível fazer a diferença dando prioridade a essa pasta. Ela vem se reunindo com representantes da causa para conhecer os melhores projetos. “Estou buscando, conhecendo, aprendendo, para que possamos ter bons projetos”, disse. Hoje, cerca de 70% dos produtos consumidos no país vêm da agricultura familiar.

Ao responder sobre sua trajetória, a deputada informou que entrou na política ao observar que muitos candidatos firmavam compromissos com grupos de pessoas com deficiência durante a campanha, mas depois que ganhavam nada faziam. Logo, ela abraçou a causa e transformou a justiça social e os direitos humanos em suas principais bandeiras.

Tereza Nelma já venceu quatro tipos de câncer, inclusive o de mama. Desde então, a parlamentar trabalha no combate e prevenção da doença. Como vereadora, inaugurou em Maceió (AL) a Casa Rosa, que visa promover ações e atendimentos gratuitos a pacientes de câncer.

EMERGÊNCIA
Outro ponto bastante abordado pela tucana é a situação do Bairro Pinheiro em Maceió. Em fevereiro de 2018, fortes chuvas e um tremor de terra provocaram danos significativos nas estruturas das casas da região. Com o tempo, novas rachaduras surgiram nos imóveis e o Governo Federal reconheceu a situação de emergência no bairro.

A deputada garante que a prioridade no começo do mandato é cuidar dessa região. “É muito preocupante essa situação. Já conversei com alguns colegas deputados federais e vou conversar com outros e dizer: precisamos nos unir e encontrar uma solução. As pessoas estão se desesperando, algumas famílias só têm aquele imóvel”, lamentou.

Do PSDB na Câmara

X
22/01/2019
Charges