Em Guarulhos, Doria destaca prioridades de sua gestão como governador

Notícias - 13/08/2018

O ex-prefeito e candidato ao governo de São Paulo, João Doria (PSDB), destacou neste sábado (11) as áreas que pretende priorizar em seu plano de governo para a cidade de Guarulhos, a segunda maior do estado. Em entrevista coletiva aos jornalistas locais, o tucano ressaltou a importância de fazer uma gestão transparente e eficiente, buscando investir em áreas carentes do município, como segurança, saneamento básico, saúde e educação.

“Não faço gestão pública olhando partido, partidarizando, colocando ideologia. Faço política pública olhando o povo, a população. São eles que precisam de apoio e a participação eficiente, honesta daqueles que serão seus gestores públicos. É assim que faremos nossa gestão”, afirmou.

O tucano destacou também a atuação competente do candidato à Presidência da República Geraldo Alckmin (PSDB) no governo de São Paulo. Segundo Doria, os avanços trazidos pela gestão tucana durante os quatro mandatos em que esteve à frente do estado foram muito importantes para o crescimento paulista.

“Geraldo foi um grande governador do estado. Cumpriu quatro mandatos. Um com Mário Covas e três como candidato eleito e reeleito. Ninguém é reeleito impunemente. As pessoas reelegem os que são bons. Geraldo fez uma boa gestão na saúde, segurança, habitação, transporte, mas tudo pode melhorar”, disse.

Na avaliação do ex-prefeito, há pontos que merecem uma atenção especial do governo e serão prioritários em sua gestão. “A questão de saneamento é uma articulação conjunta do município e do estado. Segurança pública pode e vai melhorar. Igualmente, os programas de educação e saúde. É assim que vamos fazer: acelerando com boa gestão, transparência e inovação”, ressaltou.

Na entrevista, Doria ainda declarou que a marca de sua gestão será a desburocratização, desestatização e transparência. De acordo com ele, a retomada dos empregos para a população também será uma das medidas mais urgentes e necessárias.

“Isso tudo para que possamos melhorar a saúde, educação, o atendimento à população desempregada e a geração de empregos. O que o Brasil mais precisa – em São Paulo temos cinco milhões de desempregados – é gerar empregos, oportunidades. Vou usar toda minha experiência no setor privado para atrair novos investidores e gerar mais empregos”, completou.

X
13/08/2018
Charges