Gestão anterior não contrata professores e tucano convoca voluntários para não deixar alunos sem aula

Imprensa - 17/02/2017
Foto Alex Calmon/Ascom
Foto Alex Calmon/Ascom

O prefeito de Rio das Pedras (SP), Carlos Defavari (PSDB), fez um apelo a educadores e estagiários para “ajudar voluntariamente” e não deixar as crianças do município de 29,5 mil habitantes sem aulas. O pedido deu certo, e 31 voluntários estão atuando na função. Com isso, creches e pré-escolas conseguiram continuar em funcionamento.

De acordo com matéria do jornal O Estado de S.Paulo desta sexta-feira (17), o ex-prefeito Julio Cesar Barros Ayres (PPS) não antecipou a contratação de professores para o exercício seguinte e a cidade iniciou o ano letivo sem o quadro completo na rede municipal, que conta com 4,9 mil alunos.

O pedido de ajuda foi feito pelo tucano em vídeo postado na página oficial da prefeitura no Facebook no último domingo (12). “Estamos chamando todos os que estão envolvidos com a educação do município para nos ajudar. Professores aposentados ou não, os que passaram no concurso, os professores que vão participar do processo seletivo, estagiários, todos que tenham a profissão no coração e possam nos ajudar voluntariamente, compareçam à Secretaria de Educação. É um apelo que eu faço, porque os prazos que sobraram para a prefeitura fazer os processos ficaram muito apertados e eu não gostaria que essas crianças ficassem fora da sala de aula por 10 a 15 dias”.

Segundo a prefeitura, 31 profissionais atenderam a solicitação do prefeito, como Débora Buranelo, de 38 anos. Desde quarta-feira, a nova voluntária está na Creche Municipal Padre Geraldo para dar aulas aos pequenos alunos de 2 e 3 anos. “Estou terminando o curso de Pedagogia e já fiz estágio, trabalhando com crianças especiais, então tenho alguma experiência. Tenho filha de 14 anos na escola e sobrinhas em creche. Sei o quanto é duro para as mães não ter um lugar para deixar o filho”, disse ao Estadão.

Clique aqui para ler a íntegra da matéria.

X
17/02/2017
Charges