Hospital de Jundiaí ganha R$ 1,5 milhão em equipamentos

Notícias - 01/09/2017

O Hospital de Caridade São Vicente de Paulo, em Jundiaí (SP), abriu as portas para a imprensa para mostrar parte dos equipamentos adquiridos a partir de emenda parlamentar do deputado federal Miguel Haddad (PSDB-SP), no valor de R$ 1,5 milhão.

O investimento foi direcionado para a modernização do parque tecnológico hospitalar com o objetivo de qualificar o atendimento prestado aos pacientes. A iniciativa foi comemorada pelo prefeito de Jundiaí (SP), Luiz Fernando Machado (PSDB).

Foram entregues cinco macas avançadas para o Pronto Socorro, 18 computadores, dois servidores, bisturi ultrassônico, serra/perfuradora ortopédica, focos cirúrgicos e uma mesa de escritório. Ainda serão adquiridos aparelhos de grande porte que minimizam o impacto cirúrgico e reduzem o tempo de recuperação dos pacientes.

“A aquisição desses equipamentos de grande porte requalifica o bom atendimento que já é ofertado pela equipe do Hospital São Vicente. Melhorar a qualidade do serviço prestado aos pacientes é prioridade entre as metas estabelecidas para nossa gestão. O Hospital São Vicente é referência em média e alta complexidade para toda a Região e fundamental para a nossa rede”, destaca o prefeito Luiz Fernando.

O investimento foi direcionado para a modernização do parque tecnológico hospitalar
O gestor da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), Vágner Vilela, ressalta a importância da tecnologia dos equipamentos, especialmente o bisturi ultrassônico, durante os procedimentos cirúrgicos. “Esse equipamento é moderno e oferece várias funções em um único aparelho. A tecnologia é fundamental para melhorar a qualidade do serviço e da recuperação dos pacientes”, comenta.

Bisturi ultrassônico: Utiliza alta frequência mecânica para corte, dissecção e coagulação, atributos que garantem a preservação do tecido e dos vasos sanguíneos dos pacientes. A aquisição do aparelho trará economia para o hospital, já que seu uso demandava locação.

18 computadores e dois servidores: Garantem segurança e rapidez às informações.

Serra/perfuradora ortopédica: Utilizada em cirurgias de ortopedia – especialidade de maior demanda da instituição. Por ano são realizadas, em média, 2,5 mil cirurgias ortopédicas.

Focos cirúrgicos: Utilizam tecnologia de LED e não aquecem mesmo durante procedimentos longos. Algumas cirurgias cardíacas e oncológicas chegam a durar 8 horas.

*Com informações do Portal da Prefeitura de Jundiaí (SP).

X
01/09/2017
Charges