Imprensa- 11/01/2017

Início da recuperação: Petrobras bate meta de 2016 e recorde de produção em dezembro

DEPUTADOS DA CPI DA PETROBRAS FAZEM VISITA TÉCNICA À SEDEBrasília (DF) – Sucateada durante os 13 anos de gestão petista e devastada pelo maior esquema de corrupção da história brasileira, descoberto pela Operação Lava Jato, a Petrobras já começa a dar sinais de recuperação. No último mês de dezembro, a estatal ultrapassou seus recordes históricos de produção diária e mensal de petróleo. Pela primeira vez, a empresa superou os 2,3 milhões de barris de petróleo por dia, número que é 3% maior que o recorde registrado em setembro de 2016. As informações são de reportagem do jornal Valor Econômico.

A produção de gás também subiu 2% em dezembro em relação ao mês anterior, alcançando os 81,8 milhões de metros cúbicos diários. Dessa forma, no último mês, a produção de petróleo e gás natural no Brasil totalizou 2,82 milhões de barris de óleo equivalentes diários (boed), uma de alta 3% em relação a novembro de 2016, e de 6% comparando com dezembro de 2015.

Boa parte desses bons números se deve aos avanços no pré-sal. Lá, a produção de petróleo operada pela Petrobras atingiu um novo recorde mensal em dezembro, chegando a 1,27 milhão de barris por dia. O crescimento foi de 9% em relação a novembro de 2016.

Como resultado, a Petrobras bateu a meta de produção total de petróleo no país em 2016, com média de 2,144 milhões de barris por dia, 0,75% acima dos índices de 2015. “Pelo segundo ano consecutivo, a Petrobras cumpre o planejamento previsto, reforçando o compromisso com a previsibilidade de suas projeções”, destacou a empresa em comunicado.

A produção média da camada pré-sal também subiu 33% em 2016: foram 1,02 milhão de barris produzidos por dia, maior média da história da estatal.

Leia AQUI a íntegra da reportagem do jornal Valor Econômico.

X
27/06/2017