Investimentos em Educação devem elevar o PIB e atrair investimentos, defendem tucanos

Notícias - 20/07/2018
Foto: Gerdan Wesley

Investir no ensino básico, com melhorias no sistema educacional para formar melhores cidadãos e profissionais qualificados é a aposta do PSDB para impulsionar a educação e a economia do país. Presidente nacional do partido e pré-candidato tucano à Presidência da República, Geraldo Alckmin tem como proposta melhorar os índices do Brasil no Pisa. E, consequentemente, aumentar um ponto do Produto Interno Bruto (PIB).

O Pisa – Programa Internacional de Avaliação de Alunos – mede o nível educacional de jovens de 15 anos por meio de provas de leitura, matemática e ciências. É realizado a cada três anos e tem como objetivo principal produzir indicadores que contribuam para a debate da qualidade da educação básica – e que possam subsidiar políticas nacionais de melhoria do ensino.

“Muita gente só fala em universidade. Mas no fundo o que faz a diferença é a educação básica. São os ensinos infantil, fundamental, médio e técnico de qualidade. Há um estudo que mostra que se nós crescermos 50 pontos no Pisa, a gente consegue ter o ganho de 1 ponto no PIB, permanentemente, pelos ganhos de produtividade”, defende Alckmin.

Pré-candidato ao Governo de Santa Catarina, Bauer ressalta que, ao investir mais recursos em educação, o país forma cidadãos mais capacitados, com mão de obra mais qualificada, mais saudável e, consequentemente, com menos problemas. “Tudo que é gasto com educação tem retorno positivo. Quando se investe pouco, a conta vem dobrada no futuro”, diz o senador, que já foi secretário de Educação no estado por duas vezes.

Emendas
Líder da bancada do PSDB no Senado, Bauer é o parlamentar que mais destinou recursos de emendas no Congresso Nacional para a Educação de Santa Catarina. Entre 2015 e 2018, foram destinados R$ 15,1 milhões para de diversos municípios do estado. O montante foi alocado para financiar projetos de apoio e desenvolvimento da Educação Básica, reestruturação e expansão de instituições federais de ensino superior, reestruturação e expansão de instituições federais de educação profissional e tecnológica e compra de ônibus para transporte escolar de milhares de estudantes catarinenses.


X
20/07/2018
Charges