Notícias - 16/06/2017

Juventude do PSDB realiza Encontro Nacional de Estudantes em BH

Começou nesta quarta-feira (14), em Belo Horizonte, o 2º Encontro Nacional de Estudantes da Juventude do PSDB. No evento, que vai até domingo (18), centenas de filiados da JPSDB de todo o país se reunirão para debater propostas e construir as bandeiras de luta da Juventude, além de propor alternativas para a construção de um Brasil melhor.

O encontro acontece paralelamente ao 55º Congresso da União Nacional dos Estudantes, que também é realizado na capital mineira. Em razão disso, as lideranças da Juventude tucana presentes ao evento lançarão, por meio do movimento “Vem que a UNE é nossa”, uma candidatura à presidência da principal entidade estudantil do país. O principal objetivo da Juventude é devolver a instituição aos estudantes, acabando com o aparelhamento que tomou conta da UNE nos últimos anos.

Tesoureiro nacional da Juventude tucana e um dos principais líderes do “Vem que a UNE é nossa”, André Morais acredita que a JPSDB fortalece suas bases e demonstra sua força com a participação inédita no Congresso da UNE. “Nós vamos chegar agora como uma força, marcando posição, sendo a principal oposição de campo ideológico”, ressaltou.

“Que a Juventude saia fortalecida, mostrando que está ativa, atuante, propositiva. A gente criou um movimento que vai, cada vez mais, lutar a favor do Brasil, propor soluções e ter bandeiras de lutas que a gente possa defender para que o país melhore. Num momento de crise como esse, a Juventude do PSDB se mostra como uma grande alternativa de uma nova política para a construção de um pais melhor. Parafraseando o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, nós lutamos não para ganhar no dia seguinte, mas para criar um horizonte de alternativas”, ressaltou Morais.

Divulgação do “Vem que a UNE é nossa”

Andre Morais também passou as últimas semanas percorrendo cidades de várias regiões do país para divulgar o “Vem que a UNE é nossa” nos diretórios estaduais da Juventude tucana. O tesoureiro esteve em locais como Rio Grande do Norte, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul, Ceará e Paraíba para disseminar as ideias do movimento.

“Estive em onze estados diferentes debatendo com a militância e falando ao partido da necessidade de fortalecer as suas juventudes estaduais. O mais interessante agora é fazer essa construção e que essa construção não pare. Que esse seja o primeiro passo dado para um horizonte melhor no futuro”, afirmou.

“Foi uma experiência muito gratificante, mostrando aos estados que eles têm o apoio necessário e que vão poder contar, cada vez mais, com esse apoio, para que a gente possa se fortalecer não só na questão da UNE, mas em questões de disputas de diretórios centrais estudantis, de uniões estaduais dos estudantes, e fazendo que cada líder estudantil tenha oportunidade de crescimento dentro do partido. Fortalecimento das bases é o cerne de tudo”, completou Morais.

X
18/08/2017
Charges