Licenciados do mandato, tucanos apontam prioridades à frente de secretarias estaduais

Notícias - 30/01/2019

Os deputados Geraldo Resende (MS) Otavio Leite (RJ) se licenciaram do mandato no início do mês para assumir, respectivamente, as secretarias estaduais de Saúde de Mato Grosso do Sul, e de Turismo do Rio de Janeiro. Os tucanos, que têm histórico de trabalho nessas áreas, já estão atuando, estabelecendo prioridades e buscando incrementar os setores.

Nesta segunda-feira (28), por exemplo, Otavio Leite organizou um encontro entre os secretários municipais de Turismo do Rio de Janeiro. O evento também contou com a participação do governador Wilson Witzel.

Leite destacou projetos e ações já encaminhados para um futuro próximo, visando a promoção das noventa e duas cidades do estado e o consequente aumento do fluxo turístico. O Secretário ressaltou o potencial da região para agradar a todos os tipos de turista, tanto os que preferem o litoral quanto a serra.

“O Rio de Janeiro é muito mais do que uma cidade maravilhosa. São noventa e duas cidades maravilhosas e vamos explorar o potencial turístico de cada uma delas, com a intenção de trazer cada vez mais turistas nacionais e internacionais para conhecê-las, além de promover o turismo circular interno.”

O secretário de Turismo está viabilizando, em parceria com a Fecomércio, o Salão Estadual de Turismo, onde serão divulgadas as áreas de gastronomia e artesanato.

SAÚDE É PRIORIDADE

Em Mato Grosso do Sul, Geraldo Resende afirma que a saúde é uma das prioridades do governador Reinaldo Azambuja. Para isso, o novo secretário afirma que usará a regionalização como instrumento para levar os serviços de saúde aos municípios do interior e, assim, melhorar os atendimentos.

Resende afirma que esse processo começou há cerca de 20 anos. Desde então, alguns avanços aconteceram, mas também alguns retrocessos. Agora, para que o plano de regionalização possa ser efetivado, o secretário afirma que trabalhará pela otimização das obras do Hospital de Três Lagoas e a continuidade, sem paralisações, da construção do Hospital Regional de Dourados. Na mesma cidade, destaca, o Hospital da Mulher e da Criança terá papel fundamental na regionalização dos serviços de saúde.

Geraldo Resende aponta ainda para um trabalho de ampliação dos serviços em especialidades médicas e afirma que o estado será lembrado pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, que é de Mato Grosso do Sul.

O tucano ainda ressaltou a continuidade da Caravana da Saúde, programa itinerante nos municípios, que se consolidou no primeiro mandato de Azambuja. “Estamos estudando a formatação do programa, mas sem dúvida, será fundamental para potencializar nossos projetos”, afirmou Resende em entrevista à TV Record.

As Caravanas da Saúde são formadas por profissionais de saúde e veículos adaptados para a realização de consultas, diagnósticos e cirurgias. Entre as especialidades oferecidas estão: Ortopedia, Cirurgia Geral, Oftalmologia, Urologia, Otorrinolaringologia e Cirurgia Ginecológica. Também fazem parte do cronograma: consultas odontológicas, tomografia computadorizada, raio-x, mamografia, além de exames para aferição da pressão arterial, glicemia, HIV, capacitação, palestras e gincanas.

Do PSDB na Câmara

X
30/01/2019
Charges