Imprensa- 16/02/2017

Lucro líquido do Banco do Brasil caiu 44% em 2016

Banco do BrasilAs consequências da crise econômica imposta pelo governo da ex-presidente Dilma Rousseff ainda estão sendo sentidas no Banco do Brasil. A instituição anunciou nesta quinta-feira (16) lucro líquido de R$ 8,034 bilhões em 2016, 44,2% abaixo dos R$ 14,4 bilhões registrados em 2015.

Segundo balanço do BB, também houve um recuo de 57,1% na comparação entre o quarto e o terceiro trimestres de 2016. Reportagem do G1 explica que o resultado foi pressionado pela retração de empréstimos junto com um pico nas provisões para perdas com calotes.

No final do ano passado, a carteira de crédito ampliada do banco era de R$ 708,1 bilhões, queda de 11,3% em um ano. Analisando apenas os empréstimos no país, a quantia caiu 8,4%, para R$ 679 bilhões. O setor corporativo ajudou a puxar este declínio cujo o estoque de financiamentos do banco teve uma queda de 18,9% no ano.

Em 2016, a entidade anunciou um conjunto de medidas de reorganização institucional, que será implementado no decorrer deste ano como forma de driblar a crise. Entre as medidas então fechamento de agências e um plano de aposentadoria incentivada. Cerca de 379 agências serão transformadas em postos de atendimento e 402 serão desativadas.

Clique aqui para ler a íntegra da matéria no G1.

X
28/03/2017