Maior prioridade de Reinaldo Azambuja é concluir a regionalização da saúde

Saúde - 24/10/2018

Candidato à reeleição pelo PSDB, o governador Reinaldo Azambuja tem como principal compromisso para o próximo mandato (2019-2022) manter uma gestão responsável dos recursos públicos e concretizar a regionalização na saúde, com a conclusão dos hospitais para atender todo o Mato Grosso do Sul. Ele falou sobre o assunto nesta terça-feira (23) nas entrevistas às rádios Difusora Pantanal e CBN Campo Grande e à TVI (Band).

“O grande trabalho que temos pela frente é concretizar a regionalização da saúde. Ela é fundamental. Saúde ainda é o maior problema da população brasileira. Precisamos consolidar esses polos regionais, entregar o Hospital Regional de Três Lagoas, que vai ser entregue em maio, o de Dourados e a Santa Casa de Corumbá, que estão em construção”, disse Reinaldo.

Uma das entregas mais emblemáticas de Reinaldo foi o Hospital do Trauma, uma obra que começou há duas décadas e que hoje está funcionando. Reinaldo também colocou núcleo de hemodiálise em Coxim e pôs o hospital de Nova Andradina para funcionar com UTI, tomografia, ressonância e UTIs Neonatal. Em Naviraí, o núcleo de hemodiálise está sendo montado e em Ponta Porã, o hospital hoje funciona com UTI, tomógrafo e faz cirurgias eletivas.

Em Aquidauana foram implantadas 17 máquinas de hemodiálise, o centro de cirurgia foi reformado e reestruturado e o hospital passou a ter um tomógrafo. O Hospital Marechal Rondon, em Jardim, também foi reestruturado para atender a região Sudoeste. Reinaldo também reafirmou que manterá a Caravana da Saúde – o maior programa da história na área em Mato Grosso do Sul.

X
24/10/2018
Charges