PSDB-Mulher capacita mais de 150 pré-candidatas e assessores em SP

Notícias - 23/07/2018
Foto: Fabrício Gomes Mendes

O PSDB-Mulher Nacional promoveu na quinta (19) e sexta-feira (20) da semana passada um encontro das pré-candidatas e seus assessores, em São Paulo.  O pré-candidato à presidência da República e presidente do PSDB, Geraldo Alckmin, prestigiou o evento e destacou a importância da participação das mulheres nas Eleições 2018. O ex-governador de São Paulo relembrou que o PSDB foi o primeiro partido a cumprir a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de destinar 30% dos recursos do Fundo Eleitoral para as candidaturas femininas.

“O Brasil tem uma chance e está nas mãos das mulheres. Vocês que vão comandar o trabalho”, destacou. Alckmin também falou sobre as novidades em relação ao pleito deste ano como, por exemplo, a redução do tempo de campanha e as novidades na legislação eleitoral.

“As mulheres vão fazer toda a diferença. Nosso eleitorado é majoritariamente feminino e isso deve ser levado em consideração”, acrescentou. Ele pontuou as principais bandeiras de seu plano de governo e foi amplamente aplaudido quando afirmou que vai dar preferência para a educação infantil e básica.

Ao lado das ex-presidentes do PSDB-Mulher, Solange Jurema (AL) e Thelma de Oliveira (MT), a atual líder do secretariado, deputada federal Yeda Crusius (RS), enfatizou a responsabilidade que todas as pré-candidatas terão em relação à utilização dos recursos públicos.

“Se vocês pisarem na bola, quem responderá pelo erro será o Alckmin e todo o partido. É preciso seriedade e compromisso com os recursos públicos e nós temos essa capacidade de gestão”, enfatizou Yeda.

A prefeita de Chapada dos Guimarães, Thelma de Oliveira (MT), destacou a organização do segmento feminino do PSDB e o momento propício para o aumento da representatividade feminina na política.

“Vamos ter o controle rigoroso e uma prestação de contas rígida. Finalmente teremos o comando financeiro dos recursos destinado às mulheres! Vamos demonstrar a nossa competência ao gerir recursos financeiros e provar que nós podemos mudar a realidade desse país”, enfatizou.

Mara Gabrilli

A participação da pré-candidata ao Senado Federal Mara Gabrilli foi um dos destaques do dia. Emocionada, a tucana agradeceu o apoio do PSDB-Mulher e se colocou à disposição de todas as presentes para ajudar na luta pelo aumento da representatividade feminina nos cargos de poder.

A tucana também ressaltou a participação masculina neste processo de ampliação de espaços. “Os homens são muito bem-vindos! Quando a gente faz junto, a gente faz muito melhor. Não queremos separação, queremos igualdade”, disse.

Marketing eleitoral

Durante o encontro, foi apresentada às pré-candidatas uma proposta de campanha de marketing eleitoral em sintonia com a que está sendo feita pela equipe do pré-candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin. A ideia é colocar à disposição das pré-candidatas uma equipe completa de comunicação e marketing que atenderão todas as principais demandas das tucanas: desde material fotográfico a vídeos para uso nas redes sociais, enxoval e programas eleitorais. As interessadas colocaram o nome em uma lista  e poderão tirar as dúvidas ligando na sede do partido em Brasília.

Legislação Eleitoral

O advogado do PSDB em Direito Eleitoral, Gustavo Kanffer, terminou o dia de palestras esclarecendo às pré-candidatas sobre as novidades da legislação vigente para as eleições 2018. Ele falou sobre o que é permitido durante o período da pré-campanha e alertou para o cuidado com ações simples que podem ser caracterizadas como ilegalidades.

A assessora jurídica do PSDB-Mulher, a advogada Luciana Loureiro, também participou da palestra respondendo às perguntas das participantes. Ela ficará disponível na sede do partido, em Brasília, para o esclarecimento de dúvidas das filiadas sobre as novas normas eleitorais.

“O PSDB-Mulher prioriza a abertura dos canais de comunicação entre as filiadas para que todas tenham as informações corretas e possam respeitar as leis durante o período das campanhas eleitorais”, disse a advogada.

 

 

X
23/07/2018
Charges