No Dia da Liberdade de Impostos, tucanos destacam importância da reforma tributária

Notícias - 01/06/2017

O Dia da Liberdade de Impostos, celebrado nesta quinta-feira (1) em 11 estados e no Distrito Federal, chama atenção para a alta carga de tributos no Brasil e apoia a simplificação tributária. Consumidores podem adquirir produtos sem pagar os impostos respectivos, o que ocasiona descontos de até 80%. O economista e deputado federal Giuseppe Vecci (PSDB-GO) lembra que o país figura entre o que possuem a maior carga de impostos do mundo, o que penaliza o setor produtivo e o consumo.

“Os empresários do setor produtivo realizam esse dia da liberdade de impostos para demonstrar ao país a insatisfação com a carga tributária existente atualmente e a forma como se dá a cobrança de impostos no país. Infelizmente, nosso país tem uma carga tributária grande, e mais do que isso, tem impostos que penalizam o consumo e a produção. Então é preciso alterar essa situação, simplificando o processo tributário, diminuindo a quantidade de impostos”, declarou.

Também economista e deputada federal, Yeda Crusius (PSDB-RS) considera imprescindível que o Congresso Nacional retome a discussão sobre reforma tributária. Relatada pelo tucano Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR), a matéria propõe, entre outros pontos, a unificação de tributos e a criação do Imposto sobre Valor Agregado (IVA).

“Quem leva esse país tem que ter um compromisso com a reforma tributária, porque isso significa um maior consumo e uma melhor distribuição dessa carga que atormenta todo mundo, e que é mostrada no Dia da Liberdade de Impostos”, apontou.

O deputado Hauly prevê que o projeto de mudança no sistema tributário esteja pronto para ser debatido no plenário da Câmara dos Deputados em agosto deste ano.


X
01/06/2017
Charges