No dia nacional do trânsito, tucano destaca desafios da mobilidade urbana no país

Notícias - 25/09/2018

Garantir um ambiente seguro e adequado em um espaço urbano com demandas crescentes é um dos maiores desafios da atualidade. Comemorado nesta terça-feira (25), o Dia Nacional do Trânsito chama atenção para os problemas recorrentes de mobilidade urbana e estimula a reflexão sobre a importância da educação no trânsito e da conscientização da responsabilidade de todos para um bom convívio entre pedestres, ciclistas, motociclistas e motoristas.

As dificuldades de deslocamento, antes exclusividade dos grandes centros urbanos, começam a se tornar rotina também nas cidades menores. Atraso na ampliação do sistema viário, ferroviário e hidroviário e a falta de políticas públicas que incentivem o uso de transportes coletivos e mesmo alternativos, como a bicicleta, prejudicam o dia-a-dia da população de todo o país.

Na avaliação do deputado federal Wherles Rocha (PSDB-AC), um dos maiores desafios enfrentados hoje pelos brasileiros é a falta de transporte público de qualidade. Para o tucano, é necessário que a União participe do planejamento da execução para a melhoria da qualidade de vida a população.

“Ao contrário de outros países em que a grande maioria da população utiliza o transporte público, no Brasil esse número ainda pode aumentar muito. O transporte, infelizmente, ainda não atende a todos e não tem a qualidade que deveria ter. O presidente Alckmin tem colocado muito bem a necessidade de parcerias com a União para que nós possamos melhorar essa questão”, afirmou.

Segundo Rocha, os grandes centros urbanos são os locais que mais sofrem com o problema, já que a população depende do transporte para se locomover diariamente. O parlamentar reiterou a importância de ampliar a frota de trens, metrôs e ônibus nas cidades de todo o país.

“Com isso, vamos diminuir a quantidade de veículos que circulam nas nossas vias. Temos índices gigantescos de engarrafamentos, congestionamentos que poderiam ser evitados se o brasileiro tivesse um transporte público de qualidade e confiável”, ressaltou.

Investimento

Para o candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin, a mobilidade urbana é prioridade em seu plano de governo. Caso eleito, o tucano afirma que irá investir na melhoria da mobilidade das grandes metrópoles.

“Vamos investir fortemente em trens, metrô e corredores de ônibus apoiando os estados e as prefeituras para poder expandir a rede através de concessão, PPP e investimentos públicos. Vamos integrar os modais. Esse é o caminho para melhorarmos a vida da população nas grandes metrópoles”, garantiu.

O presidenciável lembrou das melhorias promovidas por sua gestão em São Paulo e explicou como pretende ampliar as linhas de trens e metrôs, atendendo cada vez mais pessoas em todas as regiões do Brasil.

“Eu fiz em SP seis linhas de metrô e trem. Não são valores astronômicos, são até modestos. É prolongamento de linhas já existentes. Você vai estar utilizando melhor o investimento público. Vamos ser parceiros da questão do metrô e do trem, de transporte sobre trilhos. No interior de todo o Brasil, carga. Trazer o setor privado para a gente ampliar o transporte de cargas, ferrovia integrada com hidrovia, aerovia, todos os modais. Ampliar o máximo possível”, completou.

Reportagem: Clarissa Lemgruber


X
25/09/2018
Charges