Sílvio Torres critica oportunismo na reta final da campanha

Notícias - 04/10/2018

O tesoureiro do PSDB, deputado Sílvio Torres (SP), condenou o oportunismo de alguns aliados que tentam mudar de lado na reta final da campanha eleitoral. Em entrevista ao jornal O Globo, o deputado destacou que, independentemente dos personagens, a deslealdade se repete em todas as eleições. “Faz parte da cultura política brasileira, criada no oportunismo e na ideia obsessiva de levar vantagem às custas de princípios e valores”, lamentou.

Na avaliação do prefeito de Salvador e um dos coordenadores da campanha de Alckmin, ACM Neto (DEM), reiterou sua confiança na ida de Geraldo Alckmin para o segundo turno. “Continuaremos com o Geraldo até os últimos instantes. O núcleo que vem apoiando o Geraldo continua firme até o fim”, disse.

Para Alckmin, “em política, não se obriga, se conquista”, observou citando o ex-governador Mário Covas.

Programa eleitoral

No último programa eleitoral antes do primeiro turno, o PSDB deverá manter o discurso da esperança e de que as viradas ocorrem nos últimos dias, conforme antecipou a candidata a vice na chapa do tucano, senadora Ana Amélia (PP). Segundo ela, será um fechamento da campanha, mostrando as realizações do tucano com quatro mandatos como governador.

“Será um apanhado do que foi feito em São Paulo e um chamamento à concórdia. Uma visão mais positiva do que pode ser feito, mostrando a experiência de quem fez muito em saúde, educação, segurança, logística e inovação”, disse.

Reportagem Clarissa Lemgruber


X
04/10/2018
Charges