Imprensa- 11/01/2017

Programa de Doria vai combater uso de drogas em oito regiões da capital paulista

joao-doria-foto-obrito-news1-2Brasília (DF) – Iniciativa do prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), o programa “Redenção” vai combater o uso de drogas na cracolândia, região central da cidade, e terá como foco outras oito regiões da capital paulista que são reduto do tráfico. As informações, publicadas pelo portal G1, foram divulgadas nesta terça-feira (10) pelo prefeito após reunião com o secretário de Segurança Pública de São Paulo, Mágino Alves.

Com a participação da Polícia Federal, o programa atuará em cinco campos: policial, social, medicinal, urbanístico e de zeladoria. Já as frentes de coordenação serão da esfera municipal, estadual, federal e da sociedade civil organizada. Também integram a ação órgãos como o Ministério Público e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

“Você trazer a experiência de uma polícia que tem excelência, trazer uma troca de informações, isso ajuda a combater o tráfico de entorpecentes como um todo”, disse o secretário de Segurança sobre a colaboração da PF.

O programa, que deverá ser oficialmente lançado em março, vai substituir a ação “De Braços Abertos”, da gestão do ex-prefeito Fernando Haddad (PT). “Braços Abertos foi um programa fracassado. Alguns aspectos vão ser levados em conta e, o que houver de positivo, vai ser incorporado”, destacou Doria.

Segundo secretários da gestão Doria, o programa também vai incorporar ações do “Recomeço”, iniciativa do governo do tucano Geraldo Alckmin, que prevê a internação compulsória de viciados em drogas como parte do tratamento.

Após a reunião com os secretários, realizada na sede da Secretaria da Segurança Pública (SSP), Doria voltou a pé para a prefeitura. No caminho, ele cumprimentou moradores de rua e conversou com alguns deles.

Leia AQUI a íntegra da reportagem do portal G1.

X
23/06/2017