PSDB-Mulher cria força-tarefa para definir temas que serão prioridade no Congresso Nacional do partido

Notícias - 27/09/2019

O PSDB-Mulher constituiu uma força-tarefa, formada por integrantes de todas as regiões do país, para analisar e definir os temas que o segmento vai apresentar aos debates do Congresso Nacional do PSDB,  marcado para o dia 12 de dezembro próximo. “É o PSDB-Mulher propondo uma pauta partidária”, ressaltou a presidente do Secretariado, Yeda Crusius, em reunião da Coordenação Executiva Nacional do PSDB-Mulher, nesta quinta-feira (26/09). Ela lembrou que a regionalização é uma alternativa relevante para identificar os anseios e as necessidades.

A força-tarefa é formada por oito representantes regionais. Integram o grupo Lêda Tamêga (DF), Adriana Toledo (AL), Fátima Guimarães (SP), Edna Martins (SP), Tiana Azevedo (RJ), Iraê Lucena (PB), Luzia Coppi (SC) e Cecília Otto (AM).

Yeda Crusius destacou a necessidade de o PSDB-Mulher iniciar os preparativos para as eleições municipais do próximo ano. Segundo ela, será uma disputa acirrada e com uma série de peculiaridades.

Para a presidente nacional do PSDB-Mulher, 2020 terá uma “campanha totalmente diferente” e a obrigatoriedade do cumprimento dos 30% das vagas para as mulheres será fundamental para o fortalecimento das candidaturas femininas.

Reuniões online
Yeda Crusius adiantou ainda que, daqui para frente, serão intensificadas as reuniões abertas online do Secretariado. Para ela, essa modalidade aumenta a transparência dos encontros.


X
27/09/2019
Charges