Reforma da Previdência terá importante impacto fiscal e social, diz líder

Notícias - 19/06/2019

O líder do PSDB na Câmara, deputado Carlos Sampaio (SP), reiterou o apoio à aprovação do relatório apresentado pelo deputado Samuel Moreira (SP) na comissão especial que avalia a reforma da Previdência (PEC 06/19). Durante a reunião que deu início à discussão do texto, nesta terça-feira (18), o líder cumprimentou o relator pelo trabalho.

Na avaliação de Sampaio, a proposta corrige erros de natureza social e tem potência fiscal adequada. O governo esperava uma economia de R$ 1 trilhão com a reforma. O relatório prevê R$ 860 bilhões, mais R$ 60 bilhões com a contribuição de lucro líquido dos bancos, totalizando R$ 920 bilhões, valor próximo da meta inicial. O tucano comparou os números com a proposta do então presidente Michel Temer, que teria impacto muito inferior, de R$ 500 bilhões.

Além disso, Sampaio ressalta a alternativa elaborada por Moreira para a injeção de R$ 200 bilhões ao ano na reforma. “A Previdência não vem aqui para resolver os problemas do Brasil. Ela vem para estancar de uma forma positiva. Por isso, ganha o trabalhador quando mais 200 bilhões são injetados na Previdência”, disse.

O líder afirma que tanto o ministro Paulo Guedes quanto o presidente da Casa, Rodrigo Maia, foram os grandes fiadores da reforma. E reforçou o pedido de apoio para que todos possam voltar a trilhar o mesmo caminho em defesa do relatório, subscrito e apoiado por 16 líderes.

Com informações do PSDB na Câmara

Temas relacionados:

X
19/06/2019
Charges