Sem Dilma, prévia da inflação oficial chega a menor taxa desde 2006

Notícias - 20/04/2017
#pracegover: foto ampla mostra supermercado lotado e com filas nos caixas

Após mudanças na condução da economia brasileira, a recessão deixada pelo governo da ex-presidente Dilma Rousseff vem perdendo força. De acordo com matéria do portal G1, a prévia da inflação oficial, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15), ficou em 0,21% em abril – a menor taxa para o mês desde 2006.

Segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (20), a inflação caiu para 4,41% no acumulado de 12 meses – abaixo dos 4,73% registrados no mesmo período desde janeiro de 2010. Já no acumulado deste ano, a taxa é de 1,22%, ante 3,32% de janeiro a abril de 2016.

Segundo o G1, analistas do mercado financeiro reduziram, na semana passada, a previsão para a inflação para este ano, com base no IPCA, de 4,09% para 4,06%, a sexta queda consecutiva. Com a nova previsão, especialistas acreditam que o governo conseguirá atingir a meta central da inflação fixada em 4,5% pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) – índice que não é atingido no Brasil desde 2009.

Clique aqui para ler a íntegra da matéria.

Temas relacionados:

X
20/04/2017
Charges