Sul de Minas se une em favor das candidaturas de Geraldo Alckmin e Antonio Anastasia

Notícias - 19/09/2018

Os candidatos à Presidência da República, Geraldo Alckmin, e ao governo de Minas, Antonio Anastasia, foram recebidos nesta quarta-feira (19/9), em Pouso Alegre, por mais de mil pessoas. Durante o encontro com os apoiadores de toda região do Sul de Minas, a necessidade de uma mudança responsável e profunda em Minas e no Brasil, conduzida por pessoas com experiência, foi o tema central da conversa. Em seguida, os candidatos foram ao Mercadão municipal onde conversaram com comerciantes e clientes locais.

Antonio Anastasia destacou o apoio irrestrito que o Sul de Minas tem manifestado ao seu trabalho nos últimos anos e clamou ainda que essa confiança será essencial para o enfrentamento dos desafios que Minas e o Brasil precisam fazer em favor da reconstrução.

“Governar Minas Gerais, se Deus me permitir e o povo mineiro me eleger, tendo Geraldo no Palácio do Planalto vai significar para nós mineiros um outro patamar de conquistas, de parcerias e de vitórias. Estamos trabalhando de modo incansável para que Geraldo vá ao segundo turno e, se Deus quiser, ele vencerá para o bem do Brasil. Geraldo é experimentado, equilibrado, um homem do bem que governou São Paulo com maestria. É hora de Minas inteira se levantar, em um ato grandioso perante o Brasil, e gritar: Geraldo Alckmin presidente da República”, exclamou o candidato ao governo do Estado pela Coligação Reconstruir Minas.

O candidato Geraldo Alckmin, agradeceu o carinho e a recepção do povo do Sul de Minas e chamou as lideranças a abraçarem a campanha de Anastasia pela reconstrução do Estado. “A situação de Minas, como também a do Brasil, foi levada ao descalabro pela irresponsabilidade do PT. Foram 13 anos, 13 milhões de desempregados e quem paga a conta é o povo. Para colocar a casa em ordem, para recuperar o governo de Minas Gerais, ninguém está mais capacitado do que Antonio Anastasia. Não é apenas um grande administrador, é um grande político. Eu tinha certeza que ele iria aceitar o convite para se candidatar a governador, porque tem responsabilidade com o povo. E nós somos servidores do povo. Somos instrumentos de uma causa maior, o bem-comum”, afirmou o candidato à Presidência da República.

Experiência que faz a diferença
O postulante ao cargo de Senador da República, Rodrigo Pacheco, ressaltou a importância da escolha consciente na próxima eleição, respaldada pela experiência. “Basta ver a qualidade das estradas, a quantidade de empresas, a quantidade de emprego, a regularização das finanças do estado de São Paulo. Para mim, é muito lógico Geraldo Alckmin ser o próximo presidente da República. Essa é a nossa missão e é isso que eu peço a cada um de vocês. Temos uma longa caminhada até 7 de outubro, podemos chegar lá e garantir esse alinhamento de Minas com o Brasil.”

O prefeito de Pouso Alegre, Rafael Simões, reafirmou que vai trabalhar para que os candidatos Alckmin e Anastasia alcancem a vitória. “Junto com Anastasia, o presidente Geraldo Alckmin terá um olhar para nosso Estado, em especial, para o Sul de Minas. Nossa região cresce dia após dia, mesmo com as dificuldades impostas por esse governo irresponsável que aí está. Vamos para as ruas para dizer que o senhor vai voltar ao governo de Minas”, afirmou.

Jarbas Correa Filho, prefeito de Guaxupé, também demonstrou seu apoio. “Essas são as pessoas que, juntas, vão fazer em Minas Gerais a transformação que nós precisamos. Presidente Geraldo, o senhor tem de mim, de todo povo de Pouso Alegre e de todas essas lideranças que aqui estão o compromisso de levar seu nome ao segundo turno dessa eleição. E temos o compromisso com o professor Anastasia também, que fará um grande trabalho junto com Geraldo”, afirmou.

X
19/09/2018
Charges