Comissão da Câmara aprova cláusula de desempenho e fim das coligações para 2018

A Comissão Especial da Câmara que analisa a PEC 282/16, de origem dos senadores tucanos Aécio Neves (MG) e Ricardo Ferraço (ES) aprovou, nesta terça-feira, relatório da deputada federal Shéridan (PSDB-RR) que, de forma geral, proíbe coligações partidárias nas eleições proporcionais a partir de 2018 e impõe uma cláusula de desempenho para que as legendas possam ter acesso ao Fundo Partidário e à propaganda gratuita de rádio e televisão, o que pode diminuir a quantidade de partidos no país. A proposta também permite que partidos políticos com afinidade ideológica se unam em federações, preservando os mesmos direitos e atribuições regimentais dos partidos das casas legislativas. A aprovação do parecer, para Shéridan, simboliza a vontade de mudança da maioria.

Rádio PSDB - 23/08/2017

Temas relacionados:

X
23/08/2017
Charges