Para Aécio Neves, ações defendidas por Macri demonstram omissão do Brasil diante da crise na Venezuela

O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, de Minas Gerais, elogiou a postura do presidente eleito da Argentina, Maurício Macri, que defendeu maior integração entre os países da América do Sul e propôs que seja acionada a cláusula democrática do Mercosul para o fim das perseguições sofridas pelos opositores na Venezuela. Aécio disse que a decisão de Macri de pedir a suspensão da Venezuela do Mercosul aumenta o constrangimento do Brasil diante do silêncio da presidente Dilma Rousseff em relação à Venezuela.

Acompanhe - 24/11/2015


X
24/11/2015
Charges