“Pátria Educadora” de Dilma deixou quase metade dos jovens brasileiros fora do ensino médio em 2015

A “Pátria Educadora”, alardeada pela ex-presidente Dilma Rousseff em 2015, chama a atenção pelo acúmulo de dados insatisfatórios na educação. Segundo levantamento feito pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), apenas 53% dos jovens brasileiros estavam matriculados no ensino médio naquele ano. O índice é bastante inferior à média de outros países do grupo, nos quais a média de matrícula dos estudantes de 15 e 16 anos é de 95%. Além disso, os dados desapontam ao mostrar que mais da metade dos adultos entre 25 e 64 anos não tinham acesso ao ensino médio, e que 17% da população sequer havia concluído o ensino básico. Deputado federal pelo PSDB do Rio de Janeiro, Otávio Leite lamenta a inércia observada ao longo dos últimos anos da área. Para o parlamentar, não há possibilidade de se vislumbrar uma sociedade mais justa sem que se corrija esse rumo.

Rádio PSDB - 12/09/2017
X
12/09/2017
Charges