Povo da Venezuela precisa de apoio de países democráticos, diz tucano

O Brasil e outros países discutirão, nesta quarta-feira, em reunião de chanceleres da Organização dos Estados Americanos (OEA), a criação de um “grupo de amigos da Venezuela”, como já existiu no passado. É mais uma ideia para tentar restabelecer o diálogo entre o governo de Nicolas Maduro e a oposição, além de buscar soluções para a grave crise no país. O plano de recriação do grupo é defendido pelo ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes. O ministro afirmou que o Brasil é um dos países que – pelo tamanho de sua fronteira – mais sofre as consequências da crise venezuelana. Membro da Comissão de Relações Exteriores da Câmara, o deputado federal Bonifácio de Andrada, do PSDB de Minas Gerais, concorda que a situação venezuelana também afeta países vizinhos, e é a favor de que o Brasil ajude a encontrar soluções que devolvam a normalidade democrática à Venezuela.

Rádio PSDB - 29/05/2017

X
29/05/2017
Charges