Relatório aponta péssimas condições das rodovias brasileiras nos últimos 13 anos

Um levantamento feito pela equipe técnica da Confederação Nacional do Transporte (CNT) nos últimos 13 anos concluiu que as rodovias brasileiras foram abandonadas ao longo desse período. Isso porque apenas 12,3% delas são asfaltadas, ou seja, pouco mais de 211 mil km de um total de 1,7 milhão de quilômetros, uma densidade muito baixa em comparação com outros países. Além disso, a CNT constatou que a qualidade da pavimentação utilizada é baixa. No Brasil, o asfalto é projetado para durar de 8 a 12 anos, mas, na prática, acaba se deteriorando em poucos meses. Enquanto isso, nos Estados Unidos, o asfalto é feito para durar, em média, 25 anos. Esses itens colocam o Brasil na posição 111 em um ranking de 138 países avaliados pela qualidade das rodovias.

Rádio PSDB - 25/08/2017

X
25/08/2017
Charges