Respeitar a imprensa livre é regra básica da democracia, diz Abi-Ackel sobre jornalistas presos na Venezuela

Mais um episódio de agressão à liberdade de expressão e de imprensa foi registrado na Venezuela, desta vez contra dois jornalistas brasileiros que investigavam a atuação da Odebrecht no país. Os repórteres da TV Record Leandro Stoliar e Gilson Souza estavam acompanhados de dois coordenadores da ONG Transparência Venezuela, quando foram presos no último sábado, no estado de Zulia, pelo Serviço Bolivariano de Inteligência Nacional. Segundo a ONG, os profissionais checavam denúncias de suborno por parte da construtora brasileira no país vizinho. Os jornalistas já foram liberados e devem chegar ao Brasil nesta segunda-feira. O deputado federal Paulo Abi-Ackel, do PSDB de Minas Gerais, lamenta o episódio e condena mais um ataque à liberdade de imprensa promovido pelo governo de Nicolás Maduro.

Imprensa - 13/02/2017

X
13/02/2017
Charges