Filie-se
PSDB – Partido da Social Democracia Brasileira
PSDB – Partido da Social Democracia Brasileira

Centro de Convenções de Anápolis vai impulsionar a economia

25 de setembro de 2013
Email Share

DSC_4429Anápolis é o terceiro município mais populoso do Estado, com 357.402 habitantes, de acordo com estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2013. O município ocupa posição estratégica nos setores industrial e logístico do Centro-Oeste brasileiro. A cidade é considerada a mais competitiva entre os 246 municípios goianos. De olho no desenvolvimento econômico de Anápolis, o Governo do Estado deu início à obra do Centro de Convenções, localizado na BR-153, esquina com a Avenida Brasil, próximo ao trevo do Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia).

Para o presidente da Associação Comercial e Industrial de Anápolis (Acia), Luiz Medeiros, o Centro de Convenções, assim como o Anel Viário, o Aeroporto de Cargas e o Porto Seco, vai impulsionar o desenvolvimento econômico do município. “Anápolis vive um momento importante com grandes obras acontecendo. O Centro de Convenções é uma obra que dignifica, reconhece a posição estratégica de Anápolis para o turismo de negócios”, destaca. A previsão da Agetop é de que a obra, que teve início em junho deste ano, seja concluída em junho de 2014.

A obra de construção do Centro de Convenções tem como objetivo atender as necessidades da população por locais específicos para a realização de eventos, além de suprir a carência do setor empresarial da cidade em relação ao turismo de negócios, com a execução de congressos e fóruns empresariais. “Anápolis sempre dependeu de Goiânia e Brasília, por não ter uma rede hoteleira e também em função de não ter um Centro de Convenções. Esta obra vai alavancar todo o setor empresarial porque ela traz o turismo de negócio, promove e nos ajuda a promover o desenvolvimento econômico da nossa cidade”, sintetiza Luiz Medeiros.

Estrutura física
O novo espaço para eventos, que promete ser o maior do gênero no Centro-Oeste, acolherá salas multiuso, dois auditórios, sanitários, áreas para administração, manutenção e primeiros socorros, salas de exposições e pavilhão de teatros; nas salas e no pavilhão serão construídos um restaurante, salas de apoio, cozinha, auditórios, estacionamento, sanitários, camarotes, camarins, teatro de arena e demais dependências necessárias para a apresentação de espetáculos musicais e de orquestras. O investimento total está orçado em R$ 114 milhões, recursos do FunProduzir, da Secretaria de Indústria e Comércio.

Compartilhe!

Assine nossa Newsletter

Segundo o Datafolha, 68% dos brasileiros responsabilizam Dilma pela corrupção na Petrobras. E você?

Ver resultados

Loading ... Loading ...