Mais

Prefeitos

O PSDB é um dos maiores partidos do Brasil. A seriedade e a eficiência na gestão pública, principais marcas da legenda, estão presentes no governo de seis estados e de mais de 600 cidades. No Legislativo, o PSDB conta com uma bancada sólida no Congresso Nacional e nas Assembleias Legislativas e Câmaras de Vereadores em todo o país. O partido possui diretórios em todos os estados e no Distrito Federal, somando cerca de 1,4 milhões de filiados. Confira abaixo quem compõe o partido.

Alberto Mourão

Praia Grande (SP)

Prefeito eleito de Praia Grande pelo quinto mandato, o advogado Alberto Mourão iniciou sua carreira política nas eleições de 1982, quando foi eleito vereador da cidade, mandato que exerceu entre 1983 a 1988. Presidiu a Câmara Municipal entre 1987 e 1988. Nesse ano, foi eleito vice-prefeito do município. Ocupou também o cargo de Secretário Municipal da Educação. Foi eleito prefeito de Praia Grande pela primeira vez em 1992. Em 1998, foi eleito deputado federal. Exerceu seu mandato até o ano 2000, quando foi eleito prefeito pela segunda vez. Em 2004, foi reeleito pela terceira vez. De 2005 a maio de 2011 foi coordenador-regional do PSDB na Baixada Santista. Presidiu ainda o Secretariado Estadual de Prefeitos do PSDB e é membro da executiva do Diretório Estadual do partido. Em 2012, Mourão foi eleito para seu quarto mandato de prefeito de Praia Grande.

Veja mais

    Alex de Freitas

    Contagem (MG)

    Candidato favorito da grande maioria da população de Contagem, eleito para a prefeitura no segundo turno em 2016 com 72,96% dos votos, Alex de Freitas é natural de Belo Horizonte, tem 42 anos e é microempresário. Casado e pai de três filhos, começou sua trajetória pública em 1997, como auxiliar administrativo na Regional de Petrolândia. Em 2009, foi nomeado secretário-adjunto de governo, fazendo a relação entre a Prefeitura de Contagem e a Câmara Municipal. Já em 2013, foi escolhido como secretário municipal de Desenvolvimento Econômico. À frente da pasta, o tucano conseguiu a assinatura do termo de cooperação mútua entre as cidades de Jiaxing, no norte da China, e Contagem, transformando-as em cidades-irmãs.

    Veja mais

      André Merlo

      Governador Valadares (MG)

      Ex-secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento no governo do tucano Antonio Anastasia, André Merlo foi eleito, ainda em primeiro turno em 2016, com 81,03% dos votos válidos para comandar, pela primeira vez, a prefeitura de Governador Valadares (MG). Ele recebeu o apoio de 106.905 eleitores. Engenheiro mecânico, comerciante e produtor rural, André tem 50 anos e tem grande atuação em sindicatos e entidades de classe. Como presidente da União Ruralista Rio Doce (URRD) por dois mandatos, ajudou a trazer um empreendimento do ramo que gerou 250 empregos diretos e cerca de 5 mil indiretos no município onde nasceu. Foi também deputado estadual.

      Veja mais

        Arthur Virgílio Neto

        Manaus (AM)

        Arthur Virgílio Neto é diplomata e foi eleito em 2016 para seu segundo mandato como prefeito de Manaus – antes, comandou a capital amazonense entre 1989 e 1993. (mais…)

        Veja mais

        Barjas Negri

        Piracicaba (SP)

        Barjas Negri é economista formado pela UNIMEP. Em 1977 recebeu o título de Mestre e Doutor em Economia, ambos pela Unicamp. Negri foi secretário municipal de Educação (1979-1982), vereador (1989-1992) e secretário municipal de Planejamento (1993-1994). Exerceu o cargo de Coordenador de Políticas Sociais e de Planejamento do Estado de São Paulo, na gestão Franco Montoro. Em 1997, assumiu o cargo de secretário-executivo do Ministério da Saúde até fevereiro de 2002, quando se tornou ministro da Saúde do governo Fernando Henrique Cardoso, substituindo a José Serra (PSDB). Foi também secretário estadual da Habitação e presidente da CDHU na gestão Geraldo Alckmin. O tucano foi prefeito de Piracicaba por dois mandatos consecutivos, entre 2005 e 2008.

        Veja mais

          Dr. Mamoru

          Itaquaquecetuba (SP)

          Prefeito reeleito de Itaquaquecetuba em 2016 no primeiro turno, com 63,09% dos votos, o tucano Mamoru Nakashima é natural de Presidente Venceslau (SP), tem 57 anos e é médico ginecologista e obstetra. Casado e pai de dois filhos, sempre desenvolveu trabalhos sociais e voluntários em Itaquaquecetuba, onde mora há mais de 30 anos. Ingressou na vida pública em 2012, quando se candidatou pela primeira vez ao cargo de prefeito e foi eleito também no primeiro turno, com 53,27% da preferência dos eleitores.

          Veja mais

            Duarte Nogueira

            Ribeirão Preto (SP)

            Engenheiro agrônomo, ingressou na vida política ainda jovem. Por três anos consecutivos exerceu o cargo de deputado estadual e líder do governo na Assembleia Legislativa. A convite dos governadores tucanos Mario Covas e Geraldo Alckmin, ocupou o cargo de secretário de Habitação e, posteriormente, de Agricultura e Abastecimento. Em 2006, 2010 e 2014 elegeu-se deputado federal, sendo, em 2011, líder do PSDB na Câmara dos Deputados. Em 2016, foi eleito prefeito de Ribeirão Preto com 56,94% dos votos.

            Veja mais

            Felício Ramuth

            São José dos Campos (SP)

            Com 62,2 % dos votos válidos, o empresário Felício Ramuth foi eleito, no primeiro turno em 2016, o novo prefeito de São José dos Campos (SP). O tucano obteve 219.511 votos e sua vitória marca o retorno do PSDB ao comando da prefeitura. Nascido em São Paulo, Felício tem 47 anos, é filiado ao partido desde os 23 e formado em Administração com pós-graduação em Gestão Pública pela Fundação Getúlio Vargas. Em 2005, durante a gestão de Cury, Ramuth passou a atuar diretamente na administração municipal e exerceu cargos como presidente da Urbam, Secretário de Transportes e assessor de Planejamento em Comunicação.

            Veja mais

              Fernando Fernandes

              Taboão da Serra (SP)

              Fernando Fernandes Filho foi reeleito prefeito de Taboão da Serra (SP) com 67.643 votos nas eleições municipais de 2016, o que corresponde a 53,77% dos votos válidos para a disputa. O tucano também ocupou o cargo por dois mandatos, entre 1997 e 2004. Fernando Filho nasceu em São Paulo no dia 30 de janeiro de 1952. Ele é médico e se formou pela Santa Casa de São Paulo. Em outubro de 2012, foi eleito prefeito de Taboão da Serra pelo PSDB.

              Veja mais

                Firmino Filho

                Teresina (PI)

                É prefeito de Teresina (PI) em terceiro mandato. Foi eleito, pela primeira vez em 1996, com 33 anos, reeleito em 2000 e voltou a vencer a disputa municipal em 2012. (mais…)

                Veja mais

                Jorge Pozzobom

                Santa Maria (RS)

                Jorge Pozzobom, é advogado e foi eleito no 2º turno das eleições de 2016 prefeito de Santa Maria/RS pelo PSDB. Antes, foi eleito deputado estadual em 2010 e em 2014, quando foi reeleito com 48.244 votos, sendo o segundo mais votado do PSDB no estado.

                Veja mais

                  Luiz Fernando Machado

                  Jundiaí (SP)

                  Prefeito eleito de Jundiaí no segundo turno de 2016 com 116.019 votos, o equivalente a 58,58% da preferência dos eleitores, Luiz Fernando Machado, natural de Patos de Minas (MG), tem 38 anos, é advogado e atualmente exerce mandato de deputado estadual. Casado e com dois filhos, iniciou sua carreira política em 2003, quando assumiu o Conselho Municipal de Juventude de Jundiaí. Foi eleito vereador pela primeira vez aos 27 anos, sendo o mais jovem presidente da Câmara Municipal da cidade. Em 2008, atuou como vice-prefeito na gestão do tucano Miguel Haddad. Dois anos depois, foi o deputado federal mais votado de Jundiaí. Concorreu à prefeitura em 2012, somando mais de 87 mil votos e, em 2014, foi eleito deputado estadual com votação expressiva.

                  Veja mais

                    Manoel Pioneiro

                    Ananindeua (PA)

                    Manoel Carlos Antunes, mais conhecido como Manoel Pioneiro, vai para seu quarto mandato como prefeito de Ananindeua, a segunda cidade mais populosa do Pará. O tucano foi eleito para gerir a cidade pela primeira vez em 1996, sendo reeleito em 2000. Após cumprir os dois mandatos, Pioneiro foi vice-prefeito da capital Belém entre 2005 e 2009. Nascido em Nova Módica (MG), em 1º de fevereiro de 1958, Pioneiro retornou ao cargo de prefeito de Ananindeua em 2013, sendo reeleito em 2016 ainda no primeiro turno com 55,64% dos votos. Ao longo de sua vida pública, foi também deputado estadual e vereador de Ananindeua, em seu primeiro cargo público. É economista, administrador e bacharel em Direito, e integra a Executiva do PSDB no estado.

                    Veja mais

                      Marcus Melo

                      Mogi das Cruzes (SP)

                      Nascido em Mogi das Cruzes, o tucano Marcus Melo, 43 anos, obteve uma votação expressiva nas eleições municipais de 2016: foi eleito como prefeito no primeiro turno com 64,34% dos votos, em sua primeira candidatura ao cargo. Iniciou sua carreira na administração pública em 2009, quando assumiu a direção do Serviço Municipal de Águas e Esgoto (Semae) de Mogi das Cruzes. Desde então, tem trabalhado ao lado do atual prefeito da cidade, Marcos Bertaiolli, acompanhando de perto a transformação da cidade.

                      Veja mais

                        Max Filho

                        Vila Velha (ES)

                        Natural de Vila Velha e com 48 anos de idade, Max Filho foi eleito prefeito do maior colégio eleitoral do Espírito Santo no segundo turno em 2016 com 58,91% dos votos válidos. Filho do ex-governador Max Mauro, iniciou a carreira política aos 20 anos como vereador de Vila Velha em 1988. Em 1994, foi eleito deputado estadual com 12.669 votos e reeleito com 38.610 votos em 1998.

                        Elegeu-se para seu primeiro mandato à frente da prefeitura de Vila Velha em 2000, e em 2004 foi reeleito, governando a cidade até 2008. Em 2014, elegeu-se deputado federal como o terceiro candidato mais votado do Espírito Santo para a Câmara dos Deputados. O tucano é formado em Administração pela Universidade de Vila Velha (UVV) e em Direito pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) e tem mestrado em Políticas Públicas e Desenvolvimento Local, cursado na Escola Superior de Ciências da Santa Casa da Misericórdia de Vitória (Emescam).

                        Veja mais

                          Napoleão Bernardes

                          Blumenau (SC)

                          Napoleão Bernardes é o atual prefeito de Blumenau e foi reeleito para o cargo em 2016, no segundo turno. O tucano teve 104.535 dos votos válidos, o que corresponde a 57,56%.

                          Aos 16 anos, filiou-se ao PSDB e aos 17 anos, atuou como presidente da juventude do partido em Blumenau. Entre 2001 e 2003 foi secretário-geral e de 2007 a 2009, vice-presidente do PSDB na idade. Foi eleito vereador em 2008 e prefeito em 2012, também no segundo turno – quando também derrotou Jean Kuhlmann (PSD) e se tornou o prefeito mais jovem da cidade. Aos 34 anos, ele é advogado, formado pela Universidade Regional de Blumenau (Furb) e natural da cidade. Também foi professor universitário e radialista.

                          Veja mais

                            Nelson Marchezan

                            Porto Alegre (RS)

                            Advogado com pós-graduação em Gestão Empresarial, exerceu a profissão por oito anos antes de ingressar na vida pública. É o atual prefeito de Porto Alegre (RS). (mais…)

                            Veja mais

                            Orlando Morando

                            São Bernardo do Campo (SP)

                            Eleito à Prefeitura de São Bernardo do Campo, no segundo turno, com 59,94% dos votos válidos, o tucano Orlando Morando tem 41 anos, é formado em Direito e atualmente cumpre o seu terceiro mandato como deputado estadual. Casado e pai de dois filhos, Orlando é natural de São Bernardo e iniciou sua vida pública aos 18 anos, quando foi escolhido representante da comunidade na discussão de propostas para melhorias na região. Em 1996, disputou a sua primeira eleição, tornando-se vereador. Já em 2002, foi eleito pela primeira vez como deputado estadual, sendo reeleito, em 2010, como um dos parlamentares mais votados do estado.

                            Veja mais

                              Ortiz Junior

                              Taubaté (SP)

                              Ortiz Júnior iniciou sua vida política em 1990 e, no ano seguinte, filiou-se ao PSDB. Participou das manifestações de 1992 que pediram o impeachment do então presidente Fernando Collor, no movimento que ficou conhecido como “caras pintadas”. Disputou sua primeira eleição para a prefeitura em 2008 e, em 2012, foi eleito pela população de Taubaté com 63% dos votos válidos. É advogado e tem cursos de pós-graduação em Gestão Ambiental, Gerência de Cidades, Direito Administrativo e Direito Público.

                              Veja mais

                              Paula Mascarenhas

                              Pelotas (RS)

                              Primeira mulher eleita para a Prefeitura de Pelotas, ainda no primeiro turno de 2016 com 59,86% dos votos válidos, Paula Mascarenhas tem 46 anos, é doutora em Letras e professora da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Vice-prefeita da cidade na gestão 2013/2016, na chapa encabeçada pelo tucano Eduardo Leite, iniciou sua trajetória pública em 2012. Com apenas uma disputa eleitoral no currículo, desbancou políticos tradicionais nessas eleições municipais, tornando-se também a primeira candidata a ser eleita no primeiro turno na maior cidade da região sul do Rio Grande do Sul.

                              Veja mais

                                Paulo Alexandre Barbosa

                                Santos (SP)

                                Prefeito de Santos, o advogado Paulo Alexandre Barbosa foi eleito pela primeira vez para o cargo em 2012, quando venceu a disputa no primeiro turno das eleições. Foi deputado estadual reeleito em 2010 com 215.061 votos, o segundo mais votado no estado. Ex-secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia de São Paulo. O tucano também foi secretário de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo e secretário-adjunto da Educação de SP. Eleito com 77,74% do total de votos válidos no primeiro turno, este será o segundo mandato de Barbosa como prefeito de Santos. Em sua carreira política, ele já obteve o recorde de mais jovem deputado, até então, na história do estado, com mais de 182 mil votos. Barbosa foi reeleito em 2010, com 215 mil votos.

                                Veja mais

                                Raquel Lyra

                                Caruaru (PE)

                                Prefeita eleita com 53,15% dos votos válidos em 2016, Raquel Lyra foi a única mulher no Brasil eleita no segundo turno nesta eleição. Natural de Recife e formada em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco, Raquel assumiu, em 2002, o cargo de delegada da Polícia Federal até 2005, quando foi aprovada para a Procuradoria Geral do Estado. Raquel Lyra governará para mais de 350 mil habitantes.

                                Veja mais

                                Romero Rodrigues

                                Campina Grande (PB)

                                Romero Rodrigues exercerá seu segundo mandato como prefeito de Campina Grande a partir de 2017. Antes disto, foi deputado federal, deputado estadual e vereador na cidade por quatro mandatos consecutivos, ocupando a presidência da Câmara Municipal. O tucano foi também secretário de Interiorização e Chefe da Casa Civil do governo da Paraíba, nas gestões de Cássio Cunha Lima. É engenheiro agrônomo de formação, com pós-graduação em irrigação.

                                Veja mais

                                Rubens Furlan

                                Barueri (SP)

                                Rubens Furlan foi eleito para a prefeitura de Barueri com 84,73% dos votos. O tucano já havia ocupado o cargo entre 1983 e 1988, 1993 e 1996 e 2005 e 2012. O tucano ainda foi vereador entre 1977 e 1982, deputado estadual entre 1991 e 1992 e deputado federal entre 1998 e 2002. Nascido em 12 de dezembro de 1952 na cidade de Sorocaba, Furlan é formado em direito. É pai da deputada federal tucana Bruna Furlan.

                                Veja mais

                                  Rui Palmeira

                                  Maceió (AL)

                                  Reeleito prefeito de Maceió em 2016, Rui Palmeira é advogado com especialização em Direito Tributário e Finanças Públicas. Nascido em Maceió no dia 13 de setembro de 1976, foi eleito prefeito pela primeira vez em 2012, em primeiro turno, com 230.129 votos. Na ocasião, tornou-se o primeiro integrante do PSDB a chefiar o Poder Executivo maceioense.

                                  Ingressou na carreira política ocorreu em 2006, quando foi eleito deputado estadual. Em 2010, foi eleito deputado federal. À frente da prefeitura, Maceió tornou-se a cidade mais transparente de Alagoas e uma das capitais mais transparentes do Brasil, obtendo 9,5 no Ranking da Transparência do Ministério Público Federal.

                                  Veja mais

                                  Zenaldo Coutinho

                                  Belém (PA)

                                  Zenaldo é advogado e cumpre seu primeiro mandato como prefeito de Belém. Foi vereador da capital paraense – o mais jovem do Brasil na ocasião, aos 21 anos -, deputado estadual e cumpriu quatro mandatos como deputado federal, quando chegou a ser líder da Minoria na Câmara. Exerceu ainda o cargo de chefe da Casa Civil do governo do Pará e de presidente do PSDB de Belém.

                                  Veja mais
                                  X
                                  01/09/2016
                                  Charges