Filie-se
PSDB – Partido da Social Democracia Brasileira
PSDB – Partido da Social Democracia Brasileira

Contabilidade criativa na Petrobras gera resultados artificiais, afirma Abi Ackel

12 de julho de 2013
Email Share

Foto Ag CamaraBrasília – A contabilidade criativa promovida pelo governo federal em vários setores, com o objetivo de alcançar o superávit primário e fechar as contas com saldo positivo, chegou à Petrobras.

Segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo desta sexta-feira (12), uma mudança promovida pela empresa na forma de contabilizar suas dívidas, reduzindo sua exposição às variações cambiais, deve permitir uma melhoria do resultado do segundo trimestre em cerca de R$ 7 bilhões, além de aumento nos lucros e elevação do pagamento de dividendos aos acionistas, sendo que o principal deles é a União.

O deputado federal Paulo Abi Ackel (PSDB-MG), integrante da comissão de Minas e Energia da Câmara, considera que a medida traz resultados meramente artificiais.

“O governo escondia os dados econômicos sobre a situação financeira da Petrobras, que todo o setor de óleo e gás sabe que é péssima. Agora tenta, através de artifícios, melhorar a imagem da empresa, perante a opinião pública e os investidores estrangeiros”, avalia.

Apesar de ser considerada legal, alguns especialistas ponderam que a manobra da Petrobras ganha maior repercussão por conta do momento econômico de forte valorização do dólar. No segundo trimestre de 2012, quando a alta da moeda chegou a 10,93%, a empresa registrou um prejuízo de R$ 1,346 bilhão, o primeiro resultado trimestral negativo desde 1999.

Para Abi Ackel, o principal objetivo da contabilidade criativa é mascarar os números decrescentes e melhorar a imagem da Petrobras, maculada pela crise financeira e incompetência gerencial.

“Todo o setor já está muito consciente da péssima situação vivida pela empresa. Há muitos riscos para os acionistas minoritários, inclusive de inadimplência. Por conta disso, o governo preferiu optar pela maquiagem para não demonstrar claramente que a situação é muito ruim, principalmente em âmbito interno”, finaliza.

Compartilhe!

Assine nossa Newsletter

Qual das áreas abaixo deve ser prioridade para o próximo presidente da República na sua avaliação?

Ver resultados

Loading ... Loading ...