Filie-se
PSDB – DF
PSDB – DF

Izalci defende debate sobre gestão compartilhada nas escolas

12 de fevereiro de 2019
Email Share

Morte de Boechat e gestão compartilhada nas escolas foram assunto

Votos de pesar pela morte do jornalista Ricardo Boechat e a questão da gestão compartilhada das escolas marcaram o discurso do senador Izalci Lucas (PSDB/DF), nesta segunda-feira (11). Ele lamentou a morte de Boechat, vítima de um acidente de helicóptero, em São Paulo. Além disso, ressaltou a trajetória do jornalista, que era conhecido por sua competência e por defender a liberdade de imprensa.
“Perdemos um jornalista exemplar. Mas, acima de tudo, um brasileiro que sempre defendeu de forma intransigente a democracia e a liberdade de imprensa do nosso País. Meus sentimentos aos familiares e amigos do jornalista e também do piloto, Ronaldo Quattrucci, que estava junto com ele nesse acidente”, afirmou.
Gestão compartilhada nas escolas foi tema de discurso
Depois disso,  os senadores retomaram os discursos. Ao lembrar que o ano letivo começou nesta segunda-feira nas escolas públicas do Distrito Federal, o senador Izalci destacou que quatro escolas iniciam as aulas com uma nova forma de administração: a gestão compartilhada. A ideia é que militares sejam responsáveis pela administração escolar e pela disciplina dos alunos, e os professores atuem na parte pedagógica.
“O modelo será testado no Centro Educacional (CED) 308 do Recanto das Emas, CED 7 de Ceilândia, CED 1 da Estrutural e CED 3 de Sobradinho. Essas escolas foram escolhidas pelos critérios socioeconômicos, pelo problema da violência e pela questão do rendimento escolar”.
Para Izalci, o assunto é polêmico, mas já existem mais de cem escolas no Brasil com esse modelo, sendo 50 em Goiás.

Aparte

Além disso, o senador Nelsinho Trad (PSD – MS) disse que, quando prefeito de Campo Grande, adotou o sistema de gestão compartilhada. Em conclusão e o resultado foi um desempenho administrativo e didático notável.
“Nós também idealizamos duas escolas de tempo integral. Com metodologia diferenciada, e os professores capacitados com finalidade totalmente voltada a essa questão da gestão compartilhada. E qual não foi a nossa surpresa com o bom desempenho dessas escolas na prova do Ideb?”, ressaltou o senador.
Izalci mencionou o caso de sucesso da escola estadual Maria Ilka, em Natal (RN). A unidade foi recuperada pelo batalhão comandado pelo senador Styvenson.
“Eu tenho certeza de que falta na educação, disciplina, hierarquia, respeito, cuidado com a coisa pública. Com uma boa gestão, nós vamos mudar a educação do nosso País”, considerou o senador.
Da mesma forma, o senador Styvenson Valentim (PODE – RN) falou da experiência positiva da gestão compartilhada em Natal. Além disso, enfatizou o objetivo do exame toxicológico, ação que defende para a prevenção contra as drogas nas escolas
“Para a segurança pública, a segurança das famílias,  a manutenção da vida, o exame toxicológico para crianças, adolescentes, universitários, evita o consumo. Envolve segurança pública, envolve saúde pública, envolve cidadania, envolve muitas coisas juntas. Então, em um simples ato, que não é caro, a gente pode corrigir e combater esse problema. Essa peste que é hoje a droga na nossa sociedade”, defendeu Styvenson.
Izalci falou da importância de programas compartilhados de prevenção às drogas nas escolas, como o Proerd, da Polícia Militar do DF, implantado nas escolas em 1994.
“A gente sabe como isso foi importante naquele momento. Só que, hoje, essa questão das drogas ficou muito mais grave. A escola era um lugar sagrado, onde você colocava seus filhos e ficava despreocupado. Hoje não. O que falta na educação é diminuir os discursos e aplicar recursos e ações”, afirmou Izalci.

Conclusão

Em conclusão, o senador ainda avaliou que há resistência sobre a gestão compartilhada. Mas o assunto tem que ser debatido, porque já está dando certo. Além disso, nas escolas que iniciaram esse processo, não há vagas suficientes para a procura.

“Acima de tudo, desejo ao GDF muito sucesso nessa iniciativa. Vamos apoiá-lo. E espero que a gente possa, de fato, colocar a educação como prioridade, não apenas com discurso, mas com ações como essa. Portanto, parabenizo V. Exa. do Rio Grande do Norte pela iniciativa”, conclui Izalci.

Compartilhe!