Filie-se
PSDB – ES
PSDB – ES


“O norte é a Constituição”, diz Fernando Henrique em defesa do Judiciário

4 de julho de 2017
Email Share

Brasília (DF) – Em vídeo publicado nesta terça-feira (04) em sua página no Facebook, o ex-presidente da República e presidente de honra do PSDB, Fernando Henrique Cardoso, defendeu a atuação do Judiciário brasileiro e das instituições como um todo, colocadas em evidência pelos últimos desdobramentos da Operação Lava Jato. O tucano destacou que o papel do Judiciário é o de “pôr ordem na casa”, e que para cada decisão existem regras, prazos e princípios a serem levados em consideração.

“Em toda democracia, nós temos que acreditar que as instituições estão funcionando. Temos que fazer com que elas funcionem. A Justiça é um marco em qualquer democracia. A Justiça tem regras, tem prazos, tem princípios e tem divergências. E há interpretações. Ela [a Justiça] se presta a interpretações”, disse.

Por conta disso, Fernando Henrique destacou que não se pode pensar que a Justiça deve funcionar de acordo com as vontades de cada um, ou mesmo de maneira automática ou matemática.

“Ela tem aí uma certa margem de manobra. Nem sempre o resultado de uma decisão do Judiciário me agrada ou agrada a quem está me ouvindo. Ou nós aceitamos que há regras e há o Judiciário ou, então, quem é que vai pôr ordem na casa?”, questionou.

O tucano acrescentou ainda que a opinião pública é importante, e deve acompanhar e participar do processo de decisões da Justiça. “Em certa medida, quando o juiz é consciencioso, ele, ao interpretar o texto da lei, vai tomar como consideração os sentimentos que estão em predominância na sociedade. Mas ele não pode nem ir contra fatos, nem contra o texto da lei”, reiterou.

“Isso nos coloca, como estamos hoje, em certa perplexidade. ‘Ah, a Justiça errou’. Pode ser que tenha errado, mas nós temos que obedecer. O norte é a Constituição”, completou o ex-presidente.

Compartilhe!

Assine nossa Newsletter

Ad