Romero abre trabalhos legislativos, elenca as conquistas e anuncia novas obras

Usando como palavra de ordem “fazer mais, com menos”, o prefeito campinense destacou que estas ações serão desenvolvidas com recursos próprios do município

Imprensa - 16/02/2017

romero_camara_2017-2O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB-SP), abriu, na manhã desta terça-feira, 14, os trabalhos legislativos deste ano da Câmara Municipal. Em seu discurso, o prefeito elencou as conquistas da sua administração, além de anunciar as grandes metas da gestão para 2017, com destaque para obras como o futuro Pólo de Modas e o Hospital da Criança. Usando como palavra de ordem “fazer mais, com menos”, o prefeito campinense destacou que estas ações serão desenvolvidas com recursos próprios do município.

Antes do discurso do prefeito, falou a presidente da Câmara Municipal, Ivonete Ludgério. Feliz com a presença de Romero Rodrigues, disse que ele ao ocupar a tribuna da Casa de Félix Araújo sempre “anuncia boas novidades para a população de Campina Grande”. De acordo com Ivonete, a atual gestão tem sido, por isso, marcada pela transparência e dinamismo.

Neste contexto, após o discurso de Ivonete, o prefeito campinense fez o seu discurso. Inicialmente, ele agradeceu à presidente da Câmara Municipal pela acolhida e tratou de anunciar as “boas novas” para a população campinense, especialmente em setores como saúde, educação, economia, habitação e turismo.

Garantiu que vai construir o Hospital da Criança, obra a ser edificada em espaço amplo, com estacionamento e toda a estrutura necessária para o atendimento das crianças campinenses e de outras localidades. Ainda na saúde, garantiu a construção da nova sede do Samu, ao lado do Ginásio ‘O Meninão’, além da instalação de um novo setor municipal para atendimento às pessoas com hemodiálise.

Outra ação, agora no âmbito econômico, é a construção do Pólo da Moda. Segundo ele, o futuro espaço comercial vai abrigar 750 empresários de setores como têxtil, calçadista e artesanato. O pólo ficará localizado às margens das BRs 230 e 104, tendo uma área de 12 mil metros quadrados, contando com praças de alimentação e amplo estacionamento.

Com isso, Campina Grande poderá concorrer com outros centros da região, especialmente Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe e Toritama. Ele estima que mais de 60% de pessoas oriundas do Ceará e do Rio Grande do Norte que se deslocam até Pernambuco passam por Campina Grande, devendo a cidade se transformar em opção de compras para estas pessoas.

Já no campo da infraestrutura, anunciou a complementação do Canal de Bodocongó, compreendendo trecho entre a Avenida Floriano Peixoto até a Alça Sudoeste, sendo obra considerada estruturante, cujo valor é de R$ 90 milhões. Prometeu, ainda, pavimentar, mais de cem ruas ao longo de 2017 em ações do Programa Cresce Campina. Destacou, ainda neste campo, que vão avançar as obras da Alça Leste, entre a BR-230 e o bairro de José Pinheiro.

Com relação ao segmento educacional, relatou como novidade a implantação da primeira escola bilíngue em tempo integral da cidade, que já se encontra em funcionamento no bairro do Pedregal. Segundo ele, a iniciativa vai possibilitar novas perspectivas de crescimento educacional para as crianças da rede pública, preparando-as melhor para o futuro.

Novas unidades educacionais também serão implantadas em Campina Grande, beneficiando áreas como Liberdade (na antiga escola do Sesi) e o Distrito de Galante, garantindo-se, assim, a expansão da educação municipal. Confirmou, ainda, a compra do Clube dos Caçadores, a ser usado como espaço educacional.

No setor habitacional, garantiu a conclusão, até o próximo mês de dezembro, de todas as obras de construção do Complexo Habitacional Aluízio Campos, que contará com 4.100 casas. Também assegurou que vai construir a Cidade do Servidor, beneficiando a classe dos funcionários públicos em geral.

No campo da segurança hídrica, pontuou a compra de uma maquina perfuratriz, responsável pela perfuração de poços artesianos em vários pontos da cidade, além da contratação de até 50 caminhões pipas para o atendimento das áreas mais crítica da zona rural, que tem enfrentando a pior estiagem dos últimos anos.

Também chamou a atenção dos presentes à Câmara Municipal o anúncio, por parte do prefeito, de mudanças no Maior São João do Mundo. Segundo ele, será mantido o caráter social da festa, com todo o povo tendo acesso livre aos eventos, mas vai ser empregado um modelo compartilhado mediante a parceria entre os setores público e privado.

De acordo com Romero Rodrigues, mediante este novo modelo, a Prefeitura de Campina Grande vai economizar recursos, podendo, por exemplo, aplicar cerca de R$ 5 milhões na construção do Hospital da Criança e outras obras de muita importância para a cidade. A PMCG, contudo, será o maior patrocinador do evento, podendo investir cerca de R$ 3 milhões na realização da festa.

Acompanhando o prefeito Romero Rodrigues, estavam na sessão inaugural da Câmara Municipal secretários, coordenadores e diretores de órgãos. O prefeito concedeu várias entrevistas à imprensa local, tendo feito amplo relato da sua gestão e até mesmo anunciado os nomes de novos auxiliares, a exemplo de Dunga Júnior e Joia Germano.

Temas relacionados:

X
16/02/2017
Charges