Filie-se
PSDB – MS
PSDB – MS

PSDB-MS elege dois deputados federais para representar o Estado

9 de outubro de 2018
Email Share

Melhorar a vida da população e fortalecer Mato Grosso do Sul são alguns dos objetivos que os dois representantes tucanos afirmaram que farão em Brasília. A vice-governadora Rose Modesto e o deputado estadual e presidente do PSDB, Beto Pereira, foram os eleitos pelo PSDB como deputados federais.

Com mais de 120 mil votos, Rose diz que a eleição deste ano foi atípica e difícil por isso, ter sido eleita com uma diferença de 31.500 para o segundo colocado, é motivo de muita alegria, gratidão e responsabilidade. “O momento é de termos uma Câmara Federal muito comprometida até mais do que já foi por conta da necessidade que o país tem”.

Ela relata que como vice-governadora teve a oportunidade de conhecer o Estado inteiro e as dificuldades de cada cidade, por isso, além dos debates que fará quer também falar sobre saúde pública.

“Cada deputado tem quase R$ 20 milhões de emenda por ano para destinar. Como eu conheço a realidade de cada município e já sei quais são as prioridades poderei oferecer uma vida melhor à população. Outro assunto que quero discutir é a saúde pública. Hoje o governo federal não tem percentual nenhum estabelecido para ser destinado, e com isso acaba sobrando muito para o Estado e municípios”.

O deputado estadual e presidente do PSDB de Mato Grosso do Sul, Beto Pereira, que também foi eleito para representar o Estado em Brasília, diz que o compromisso de sua legislatura será com as grandes reformas estruturantes que o país precisa.

“Precisamos discutir uma reforma administrativa, política, tributária e previdenciária, coisas que realmente precisam ter um novo modelo no Brasil. Estamos com um modelo que aparentemente está vencido e por isso precisamos fazer um reenquadramento”, explica.

Defensor do municipalismo, Beto diz que tem uma obrigação muito forte com os municípios e que é preciso dar autonomia financeira a eles para que haja uma melhora na prestação de serviço à sociedade.

“Não tenho dúvida nenhuma que precisamos atuar junto ao orçamento geral da União, principalmente para obras de infraestrutura dentro dos municípios e no nosso Estado”.

 

Compartilhe!