Notícias - 16/09/2019

Desafios da participação feminina na política é tema de debate dia 17

Congresso Nacional/Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

As comissões de Defesa dos Direitos da Mulher; e de Legislação Participativa da Câmara dos Deputados debatem, na terça-feira (17), as cotas para mulheres e o desafio da participação feminina na política. Desde 1995, há uma regulamentação no Brasil que prevê cotas de 30% nas listas de candidaturas proporcionais em todas as esferas de poder.

Apesar de hoje a participação feminina na Câmara ter aumentado mais de 50% nas últimas eleições, os índices de participação política feminina no país são ainda muito baixos.

A bancada feminina no Congresso Nacional é formada por 76 deputadas e sete senadoras. O PSDB é o partido com a maior bancada formada por mulheres: nove deputadas federais e uma senadora, Mara Gabrilli (SP).

As deputados advertem que ainda há muito para avançar e que o Brasil segue sendo um dos últimos colocados em participação política das mulheres e promoção de igualdade de gênero nos espaços de poder.

Foram convidadas para debater a ex-ministra do Superior Tribunal Eleitoral (TSE), Luciana Lóssio; a promotora de Justiça de São Paulo Vera Lúcia Taberti e a cientista política e professora da Universidade de Brasília, Flávia Biroli.

*Com informações da Agência Câmara.

X
07/10/2019