Notícias - 15/03/2019

PSDB-Mulher DF reúne tucanas para planejar eleições internas e celebrar o mês da mulher

Em clima de entusiasmo, o PSDB-Mulher do Distrito Federal, presidido pela tucana Luiza Werneck (DF), reuniu mais de 40 mulheres nesta quinta-feira (14) para passar informações sobre as eleições partidárias e celebrar o mês da mulher. A comemoração aconteceu durante um almoço em que as tucanas puderam trocar experiências e falar sobre as expectativas para a escolha da nova diretoria.

“O PSDB-Mulher DF quer fazer uma homenagem a todas vocês. Nós somos ao todo 50 mulheres que trabalham diariamente para conquistar nosso espaço dentro da política. Quero agradecer o esforço de cada uma”, disse Luiza às presentes.

Luiza atribuiu a eleição do senador Izalci Lucas ao trabalho intenso de todas as mulheres do DF que fizeram campanha para o tucano. “A eleição do nosso senador mostrou a força do PSDB DF, a força da mulher. Ele pode nos ajudar a colocar em prática políticas públicas que beneficiem as mulheres, as crianças e as pessoas com deficiência. Precisamos trabalhar a apresentar para eles projetos”, alertou.

A coordenadora jurídica Luciana Loureiro (DF) destacou o fato inédito do DF possuir 19 secretariados da mulher nas suas zonais e reforçou a necessidade das mulheres participarem também das eleições no diretório estaduais.

“É preciso que todas participem das eleições do PSDB, não só do PSDB-Mulher, mas dos diretórios. Só assim vamos ocupar espaços do partido para que possamos ser ouvidas e tenhamos voz. O encontro foi muito positivo. Pude ver no semblante delas a vontade de querer mudar e querer trabalhar”, disse.

Luciana Loureiro também agradeceu a todas as tucanas que se candidataram nas últimas eleições e que contribuíram para uma disputa honesta. “Agradeço aquelas que foram as ruas, que olharam no olho do eleitor, que fizeram excelente trabalho e mostraram o que a social democracia oferece para a população. Posso afirmar que nós não tivemos nenhuma candidata laranja e que todas que disputaram um cargo eletivo se propuseram verdadeiramente a isto”, acrescentou.

Um dos discursos mais marcantes do dia foi o da coordenadora de formação e cidadania, Mônica Alvares (DF). Ela contou como foi a sua experiência como candidata a deputada distrital e falou sobre a importância do compromisso com a transparência.

“Foi muito importante esse encontro. O PSDB-Mulher não poderia  deixar de enaltecer nosso grupo de mulheres. Pudemos discutir sobre política e sobre as ideias de cada uma. Precisamos definir os novos quadros. Foi uma conversa democrática, participativa onde todas puderam falar dos seus interesses”, concluiu.

Reportagem Tainã Gomes de Matos

X
18/04/2019