Notícias - 18/09/2019

Série, produzida pelo TSE, mostra Enfrentamento à Desinformação

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) produziu uma série de cinco vídeos denominada Enfrentamento à Desinformação, que mostra como o cidadão pode se defender de boatos, inverdades, invenções e montagens. Neles, são apresentadas informações sobre quem espalha desinformação durante o processo eleitoral é confundir o eleitor.

O vídeo mostra que não é simples identificar se uma notícia é verdadeira ou falsa. É preciso prestar atenção em alguns pontos, como: desconfiar se o título da matéria contiver palavras com letras maiúsculas, exclamações ou erro de ortografia; pesquisar os nomes dos especialistas citados no texto; ou confirmar se a informação foi publicada em diferentes meios de comunicação.

O diretor do Departamento de Cooperação e Observação Eleitoral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Gerardo de Icaza, ressaltou que cabe ao cidadão verificar a veracidade da informação que recebe e, em caso de dúvida, não compartilhar.

Marcelo Lacerda, diretor de Políticas Públicas e Relações Governamentais da Google Brasil, enfatizou a importância de o usuário verificar a veracidade das informações que consumidas por ele.

Série de vídeos

Produzida pelo Núcleo de TV da Assessoria de Comunicação (Ascom) do TSE, a série de cinco vídeos acerca do enfrentamento da desinformação traz depoimentos de especialistas nacionais e internacionais que participaram do Seminário Internacional Fake News e Eleições, realizado em maio deste ano pela Corte Eleitoral com o apoio da União Europeia.

Confira, no canal do TSE no YouTube, os três vídeos da série já publicados. Na próxima semana, um novo vídeo tratará da atuação da Justiça Eleitoral para coibir a desinformação.

*Com informações do TSE.

X
07/10/2019