Notícias - 04/01/2018

Yeda Crusius elogia ativismo de Ana Maria Braga pelo fim da violência feminina

A presidente nacional do PSDB-Mulher, a deputada Yeda Crusius (PSDB-RS), elogiou a iniciativa da apresentadora Ana Maria Braga de desempenhar a função de embaixadora do Programa Bem Querer Mulher. O programa faz parte de um movimento nacional pela não-violência à mulher com apoio das Organização das Nações Unidas Mulheres  – entidade das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero e Empoderamento das Mulheres.

“A Ana Maria Braga se insere no contexto mundial, via ONU, como as atrizes e diretoras ligadas ao cinema. Temos outras, mas ela é novidade, extra-ideologia e é poderosa”, destacou a tucana.

A foto de Ana Maria Braga com o olho roxo e o vídeo em suas redes sociais, retirando a maquiagem do olho, lançou a campanha do Grupo Full Jaz Comunicação no país. O vídeo é veiculado desde o final de novembro, na TV aberta, em rede nacional, e convida mulheres para participarem do programa.

As interessadas devem fazer parte do programa via internet: http://www.bemquerermulher.org.br/

No programa Mais Você, Ana Maria Braga detalhou o Bem Querer Mulher e o Movimento pela Não-Violência à Mulher, criado em 2004. “É um drama silencioso, às vezes, de mulheres envergonhadas, sem condições de saírem, sozinhas, de um inferno como esse. É preciso que todos nós nos conscientizar e que a mulher que sofre esse tipo de violência, que denuncie”, disse a apresentadora, que diz ter se envolvido com a causa.

Adesão

O Programa Bem Querer Mulher se destina a conscientizar a população sobre as diferentes formas de violência. Paralelamente, há uma campanha para arrecadar recursos para viabilizar o atendimento das agentes Bem Querer Mulher – lideranças capacitadas para oferecer todo o apoio às mulheres vítimas em seus bairros, ajudando a acompanhar e a solucionar casos.

De acordo com a organização, o dinheiro arrecadado é destinado para cumprimento de metas claras definidas para os próximos 2 anos, como a capacitação presencial de 600 novas agentes Bem Querer Mulher, implantação de seis novas casas e cursos.

Também estão programados o lançamento da segunda geração do Aplicativo Bem Querer Mulher e o fortalecimento das parcerias atuais e conquista de novas.

Ajuda

A apresentadora Ana Maria Braga, no seu programa, lembrou que a cada 7 minutos uma mulher é assassinada. Segundo ela, a cada 11 minutos uma mulher é estuprada e o Brasil já ocupa o 5º lugar no mundo em violência contra a mulher.

O Programa Bem Querer mantém a Casa Violeta, local em que os agentes que trabalham passaram por um treinamento com espaços para mulheres e filhos agredidos enquanto aguardam o atendimento correto.

As denúncias podem ser feitas por meio do número: 190.

X
18/10/2018