Filie-se
PSDB – PA
PSDB – PA

Mineradoras aderem ao protocolo de atração de novos fornecedores

28 de janeiro de 2014
Email Share

Mineração RNA Mineração Rio do Norte (MRN), que opera a extração de bauxita (minério do alumínio), na localidade de Porto Trombetas, município de Oriximiná, a 880 quilômetros de Belém, encerrou nesta segunda-feira (27) a primeira etapa das assinaturas do Termo de Cooperação Técnica do Plano de Atração de Novos Negócios (PANN).

No total, oito mineradoras que desenvolvem atividades no Estado aderiram ao protocolo desenhado para incentivar e facilitar a instalação de novas empresas do setor no Pará, em especial os fornecedores da cadeia industrial. “São oito mineradoras no protocolo. Se cada uma indicar quatro fornecedores, serão 36 empresas, mas uma das signatárias já indicou 20 prováveis fornecedores do setor”, disse o diretor de Indústria e Atração de Investimentos da Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Mineração (Seicom), Rodrigo Garcia.

Após a indicação dos prováveis fornecedores pelas mineradoras, a equipe de atração da Seicom vai a campo para contatar e explicar em detalhes as vantagens de participar do programa. Um dos diferenciais do plano está no “Selo de Prioridade”, lançado em janeiro deste ano na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fesp).

“Este trabalho de atração de novos fornecedores para a indústria mineral no Estado é fundamental até para a logística das empresas com reflexo direto na redução de custos e participação mais expressiva do setor no desenvolvimento sustentável do estado”, destacou o titular da Seicom, David Leal.

O evento de adesão da MRN ao plano de atração ocorreu na sede do Sindicato das Indústrias Minerais do Pará (Simineral), com a participação dos secretários de Estado David Leal (Seicom) e Daniel Nardin (Secom), do presidente do Simineral, José Fernando Gomes, do diretor de Indústria e Atração de Investimento da Seicom, Rodrigo Garcia, do ex-presidente da MRN Júlio Sann e do atual presidente da mineradora, Silvano André.

Ao agradecer pela acolhida que teve do Estado e da direção do Simineral, Silvano André ressaltou que se sentia muito prestigiado por todos e garantiu que a MRN estava fazendo uma transição tranquila, ao se referir ao trabalho e planejamento deixados pelo seu antecessor no cargo, Júlio Sann, “que liderou de frente desde a primeira hora todo esse processo”, afiançou Silvano.

“O governo é um parceiro da MRN no setor mineral e isto é muito proveitoso. A Seicom é uma agenda prioritária pro nosso trabalho, é a secretaria de interlocução do nosso setor”, completou Silvano André. Uma das novidades no setor, lembrada no discurso do novo presidente da MRN, é a diversificação do setor mineral no Estado com a participação de outras empresas. Este fato fez o secretário David Leal lembrar a força das pequenas mineradoras hoje no Pará.

As oito mineradoras que assinaram o documento junto ao Governo do Pará, via Seicom, são a Vale, Down Corning, Imerys, Colossus, Norks Hydro, Alcoa, Votorantim Metais e Mineração Rio do Norte.

Agência Pará de Notícias

Sergio Augusto

Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Mineração

Compartilhe!

Assine nossa Newsletter

Por que Dilma tem medo da CPI da Petrobras?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...