Filie-se
PSDB – PE
PSDB – PE

Em Minas, Alckmin alerta que o Brasil não pode errar de novo. “O futuro será decidido por todos nós”

12 de setembro de 2018
Email Share

O candidato ao governo do Estado pela Coligação Reconstruir Minas, Antonio Anastasia (PSDB), recebeu, nesta quarta-feira (12/09), o candidato à Presidência da República, Geraldo Alckmin, e sua vice Ana Amélia em um grande encontro que marcou o apoio e a união de mais de 500 lideranças mineiras. Em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, os candidatos falaram sobre os planos para a reconstrução de Minas e para um Brasil melhor.

Alckmin falou de sua satisfação de voltar a Minas e de ter Anastasia ao seu lado nesta caminhada rumo ao Palácio do Planalto. Segundo ele, esse momento é muito importante e os mineiros e os brasileiros precisam de uma alternativa segura e comprometida para o enfrentamento desta crise.

“O Brasil não pode errar de novo. O futuro vai ser decidido por todos nós. Quem quebrou o governo federal, como aqui em Minas, foi o PT. Porque o PT não tem limite pra chegar ao poder, é um vale-tudo. E quem paga a conta é a população. Anastasia em Minas Gerais vai respeitar o povo, respeitar o dinheiro do povo e colocar as contas em ordem pra poder retomar o crescimento. A mesma coisa faremos pelo Brasil”, afirmou o candidato à Presidência da República.

Geraldo Alckmin fez questão de exaltar a competência de Anastasia para recuperar Minas e contribuir para a recuperação do país. “Antonio Anastasia para mim é um dos melhores quadros da política brasileira pela seriedade e competência. Ele vai acertar Minas, que vive um período muito difícil nas finanças. Juntos, vamos fazer justiça a Minas, um estado importantíssimo. Vamos ser parceiros para ajudar a recuperar, rapidamente, as finanças do governo do Estado. Ele vai liderar essa recuperação, vamos ser parceiros para o Brasil voltar a crescer”, salientou.

Antonio Anastasia expressou sua satisfação por receber Geraldo Alckmin em Minas mais uma vez e destacou a presença honrosa de sua colega de Senado e candidata a vice-presidente Ana Amélia. “Eu fico muito feliz de, mais uma vez, Minas Gerais receber o nosso candidato a presidente. E dessa vez, além da dona Lu, ele nos traz um presente: a senadora Ana Amélia, nossa candidata a vice-presidente. Ana Amélia é trabalhadora, dedicada, inteligente”, pontuou Anastasia.

A candidata Ana Amélia Lemos chamou atenção dos presentes para a situação caótica vivida no país e conclamou os mineiros e as mineiras a contribuírem com a mudança necessária para sair da crise. “Nós temos um dever com Minas Gerais e com o país. O Brasil está chorando por uma crise de desemprego, de falta de segurança, de educação. Eu aceitei o desafio porque eu acredito na força de Minas com Anastasia, e na força de um governo sério, decente, competente que vai fazer a diferença para recolocar o Brasil e Minas nos trilhos do desenvolvimento. O desastre em Minas Gerais é a prova da incapacidade e da irresponsabilidade do que fizeram com o Brasil. Vamos com Anastasia governador e Geraldo Alckmin presidente”, afirmou Ana Amélia.

O apoio e a esperança de um novo cenário em Minas e no Brasil foram destacados pelas lideranças que participaram do encontro dessa tarde. O deputado federal e candidato ao Senado pela coligação, Rodrigo Pacheco, enfatizou que Geraldo Alckmin reúne as virtudes necessárias para o próximo presidente da República e reforçou seu apoio nesta jornada rumo à vitória. “Como cidadão e expectador da vida pública, digo que o seu caráter, associado ao que o senhor fez na sua vida pública e o que fez em São Paulo, nos mostra que podemos dar o voto de confiança ao senhor. E esse voto é o meu, que também será dado pela maioria dos mineiros e haverá de ser da maioria dos brasileiros”.

Alex de Freitas, prefeito de Contagem e anfitrião do encontro, manifestou seu apoio à proposta de Geraldo e de seus aliados mineiros. “Precisamos de gente com espírito público, com capacidade de gestão e que vai fazer as pessoas mais felizes. É por isso que apoio Antonio Anastasia pra governador, Geraldo Alckmin para presidente, Rodrigo e Dinis para o Senado”.

Incentivo à indústria e ao crescimento econômico

Durante a manhã, Anastasia, Alckmin e Ana Amélia visitaram o grupo Adler Pelzer, importante fábrica de peças para revestimentos automotivos sediada em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com Geraldo Alckmin, é fundamental que o governo federal trabalhe para fortalecer a indústria, possibilitando a geração de novos postos de trabalho e a melhoria nos salários. Além disso, o candidato apontou a simplificação tributária e a diminuição da burocracia como objetivos a serem perseguidos em seu eventual governo.

“A nossa proposta é fazer uma migração de três impostos: o IPI, ICMS e ISS, e duas contribuições – o PIS e Cofins -, apenas para um: o Imposto de Valor Agregado, o IVA. Você faz uma mudança gradual até que acabem os cinco, ficando só um imposto. Isso que o mundo todo faz, a gente simplifica a questão tributária e ajuda a trazer mais investimentos para o Brasil”, explicou.

Compartilhe!