Aécio convoca sociedade a refletir e propor medidas que garantam direitos da população negra no Brasil

Acompanhe - 20/11/2013

BrasíliAecio Neves Foto George Giannia – O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), destacou, nesta quarta-feira (20), o Dia da Consciência Negra.

Aécio convocou a sociedade a refletir e propor medidas que garantam os direitos da população negra brasileira e ponham fim à discriminação que ainda persiste no país.

Na oportunidade, lembrou que a história do Brasil foi construída pelos negros.

“É hora de organizar uma ação conjunta, portanto, acima de partidos políticos e crenças religiosas, que permita que o Brasil honre aqueles que vieram ao longo dos anos construindo a nossa pátria”, afirmou o senador.

Aécio ressaltou que a discriminação, no Brasil, está presente no cotidiano quando negros têm salários inferiores aos dos brancos.

“Os negros recebem, em média, 30% a menos de salários do que recebem os brancos. Com as mulheres negras, a discriminação é mais vergonhosa ainda, chega a 40% a defasagem de seus salários em relação às mulheres brancas”, disse o dirigente tucano.

Empenho – Ele reiterou que o empenho do PSDB é no sentido de fortalecer o combate à discriminação.

E destacou: “O PSDB busca fazer sua parte, fortalecendo o nosso movimento Tucanafro, que além de nos ajudar a refletir e pensar, tem nos ajudado a propor medidas que permitam que os negros possam ter cada vez mais o respeito da sociedade que ajudaram a construir ao longo da nossa história.”

Aécio homenageou os afrodescendentes brasileiros:  “Minha homenagem, em nome dos tucanos e tucanas de todo Brasil, e a minha certeza que nós vamos continuar avançando no respeito e na defesa das minorias do nosso Brasil.”

 


X
20/11/2013