Aécio lidera preferência dos manifestantes de São Paulo em caso de novas eleições

O presidente nacional do PSDB teria 29,1% dos votos, quase o dobro do segundo colocado

Acompanhe - 14/03/2016

AecioNeves_Manifestacao-em-BH-Foto-Beto-Barata-ObritoNews-2Um levantamento feito pelo Instituto Paraná Pesquisas com manifestantes que foram aos protestos contra Dilma Rousseff em São Paulo revelou que, se novas eleições fossem realizadas imediatamente, o presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, seria o candidato mais votado para governar o Brasil. A pesquisa foi publicada nesta segunda-feira (14), em matéria do site da rádio Jovem Pan.

No primeiro cenário imaginado, Aécio teria 29,1% dos votos, quase o dobro do segundo colocado. Na segunda situação proposta, o Instituto Paraná substituiu o candidato tucano, trocando Aécio Neves pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin. Novamente, registrou-se uma vitória folgada do PSDB, com Alckmin liderando a eleição com 27,1%. Na terceira hipótese, em que o senador José Serra (SP) representaria o PSDB, mais uma vez o candidato tucano ficaria à frente de todos os outros citados. De acordo com a pesquisa, Serra teria 22,1% dos votos.

Além das intenções de voto, o questionário aplicado pelo Instituto Paraná continha diversas perguntas sobre o governo Dilma. 90,3% dos entrevistados afirmaram que consideram ruim ou péssima a atuação da presidente. Quando perguntados se acreditavam que a petista conseguiria cumprir seu mandato, apenas 19,7% responderam positivamente. Com 45,2%, a resposta mais votada foi a de que a presidente será afastada de seu cargo pelo Congresso Nacional. Em outro item do questionário, 86,3% das pessoas ouvidas disseram que Dilma deve renunciar.

O grave quadro de recessão econômica enfrentado pelo país também foi tema das perguntas. A maior parte dos entrevistados (55,8) disseram que ou perderam o emprego ou que alguém de sua família ficou desempregado nos últimos seis meses. No mesmo período, 73,8% dos consultados afirmaram que houve uma piora na situação econômica de sua família.

Os entrevistados também elogiaram a conduta de Sérgio Moro a frente da Operação Lava Jato. 90,6% dos ouvidos avaliaram a atuação do juiz como coerente ou muito coerente. A maior parte das pessoas (52,7%) disse acreditar que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva será preso por conta das investigações que estão sendo conduzidas.

A pesquisa foi aplicada entre neste domingo (13) a 1200 pessoas com mais de 16 anos que estiveram nos protestos de São Paulo, que tiveram cerca de 2,5 milhões de pessoas, o maior contingente visto em todo o país.

Temas relacionados:


X
14/03/2016