“Prefeito Coragem”, por Moisés Barboza

Artigos - 29/06/2020

Quando Mário Covas, disse – “Adversidade? Não, não me venham falar em adversidade. Diante dela, só há três atitudes possíveis: enfrentar, combater e vencer.” O saudoso político paulista estava inspirando outro tucano de uma geração futura.

O prefeito Nelson Marchezan Júnior está escrevendo seu nome na história como o mais corajoso administrador que a cidade já teve. Ao assumir, Marchezan mostrou aos cidadãos de Porto Alegre que a Capital dos Gaúchos estava imersa em problemas de toda ordem, financeiros, administrativos e conceituais especialmente.

Marchezan mostrou que a cidade não tinha mais condições de continuar pagando em dia o funcionalismo público e agradando segmentos com recursos sem fazer investimentos, nem mesmo garantir segurança, saúde e educação de qualidade.

Nos primeiros meses de 2017, ele mostrou que o município gastava mais do que arrecada desde 2011. Desde então, o que entrava nos cofres públicos não era suficiente para pagar as despesas da prefeitura. Por vários anos, houve diversas manobras para usar dinheiro de fundos e empréstimos.

Essas ferramentas administrativas acabaram. E a primeira grande obra do prefeito foi explicitar que não havia mais dinheiro, que a prefeitura de Porto Alegre faliu, quebrou. Sem conseguir honrar os compromissos nos prazos acordados. Por isso o parcelamento dos salários (atualmente em dia), a falta de investimentos e serviços como recapeamento asfáltico entre outros.

Marchezan mostrou que, se nada fosse feito, a prefeitura teria muito mais problemas num futuro próximo. Muito mais dos que existem hoje. Justiça seja feita com parte dos vereadores, foi preciso rever a legislação que concedia muitos benefícios, incluindo gatilhos salariais automáticos, licenças-prêmio remuneradas de três meses e 73 tipos de gratificações e aproximadamente 30 mil servidores.

Vereador Moisés Barboza

Não bastando, estamos enfrentando agora a Pandemia Mundial do Coronavírus/Covid19, que ceifará a vida de muitas pessoas deixando um estrago incomensurável pelo caminho. O prefeito agiu com toda energia e convicção, sem medir esforços para tentar salvar vidas ao máximo. A coragem e o idealismo de Marchezan frente a prefeitura de Porto Alegre mostram, sem populismo ou politicagem as dificuldades de uma cidade com um milhão e meio de habitantes. Dificuldades que precisam ser enfrentadas sem demagogia, sem mágicas e sem medo de ser impopular. Pela sua disposição Nelson Marchezan Jr. já é o prefeito mais corajoso que Porto Alegre já teve.

(*) Vereador, presidente do PSDB de Porto Alegre


X
29/06/2020